Gilberto Gil – A conceituação do amor

“Drão! O amor da gente é como um grão / Uma semente de ilusão / Tem que morrer pra germinar / Plantar nalgum lugar / Ressuscitar no chão / Nossa semeadura / Quem poderá fazer aquele amor morrer / Nossa caminhadura / Dura caminhada / Pela noite escura.”

Gilberto Gil, em trecho da canção ‘Drão‘, de sua autoria.