6 de Outubro – Fernando Scherer e Cáceres (MT) – 2017

☺ CAPA – Fernando Scherer 43 Anos

▒ CIDADE – Cáceres (MT) 249 Anos

▒ ANIV. – Roland Garros • Janet Gaynor • Ulysses Guimarães • Zé Keti • Altemar Dutra • José Carlos Pace • Ângelo Máximo • Xico Sá • Elisabeth Shue • Romero Britto • Samara Felippo • Kayky Brito

▒ FATOS – Kilimanjaro • O Cantor de Jazz • Emerson Fittipaldi • Nigel Mansell e Alain Prost • Fiji • TV SIC

▒ ÓBITOS – Adolfo Lutz • Bette Davis • Amália Rodrigues • Diane Cilento

1 ▒ POSTER e VÍDEOS

GALERIA de VÍDEOS
Principais Vídeos da WEB publicados no Acontecimentos do Dia e outras WEB TVs da Rede Sampaio

2 ▒ NASCIMENTOS

1888Roland Garros ▒ Roland Garros (Saint- Denis (Reunião), 6 de outubro de 1888Ardenas, 5 de outubro de 1918) foi um pioneiro da aviação francês. Ficou famoso por ter efetuado, em 23 de setembro de 1913, a primeira travessia aérea sem escalas do Mediterrâneo. Teve a honra póstuma de dar seu nome ao estádio parisiense nos anos 1920 e ao torneio de tênis que lá acontece todos os anos.


1906Janet Gaynor ▒ Janet Gaynor nascida Laura Augusta Gaynor, (Filadélfia, Pensilvânia, 6 de outubro de 1906Palm Springs, 14 de setembro de 1984) foi uma atriz americana. Foi a primeira atriz a receber o Oscar de Melhor Atriz (principal), em 1928, pelos filmes Sétimo céu e Aurora. A partir daí, Janet apareceu em quase quarenta filmes, todos realizados pela Fox.


1916Ulysses Guimarães ▒ Ulysses Silveira Guimarães GCCGCIH (Itirapina, [1] 6 de outubro de 1916Angra dos Reis, 12 de outubro de 1992) foi um político e advogado brasileiro, um dos principais opositores à ditadura militar. Ulysses liderou novas campanhas pela redemocratização, como a das eleições diretas, popularmente conhecidas pelo slogan Diretas Já. Em 1987, tomou posse como presidente da Assembleia Nacional Constituinte.


1921Zé Keti ▒ Zé Keti, nome artístico de José Flores de Jesus, (Rio de Janeiro, 6 de outubro de 1921 — Rio de Janeiro, 14 de novembro de 1999) foi um cantor e compositor do samba brasileiro. Em 1999, recebeu a placa pelos 60 anos de carreira na roda de samba da Cobal do Humaitá. Apresentou-se ao lado da Velha Guarda da Portela e teve várias músicas regravadas.


1940Altemar Dutra ▒ Altemar Dutra de Oliveira (Aimorés, 6 de outubro de 1940Nova Iorque, 9 de novembro de 1983) foi um cantor e compositor brasileiro. Sucesso em toda a América Latina, interpretando obras como “Sentimental Demais”, “O Trovador”, “Brigas” e “Que Queres Tu de Mim”. Foi aclamado como o “rei do bolero” no Brasil.


1944José Carlos Pace ▒ José Carlos Pace, ou Carlos Pace, o Moco (São Paulo, 6 de outubro de 1944Mairiporã, 18 de março de 1977) foi um piloto brasileiro de Fórmula 1, vencedor do Grande Prêmio do Brasil de 1975. Foi escolhido o quarto melhor piloto do mundo pelo anuário Autocourse, perdendo para Jackie Stewart, Ronnie Peterson e Emerson Fittipaldi.

1948Ângelo Máximo ▒ Ângelo Máximo (Goiânia, 6 de outubro de 1951) é um cantor brasileiro cujo principal sucesso é Domingo Feliz, dos anos 70. Ângelo vendeu milhares de discos e participou de uma série de fotonovelas. Chegou a gravar versões das músicas de seu ídolo absoluto Elvis Presley.


1962Xico Sá ▒ Francisco Reginaldo de Sá Menezes, mais conhecido como Xico Sá (Crato, Ceará, 6 de outubro de 1962), é um jornalista e escritor brasileiro. Faz parte do programa Papo de Segunda, no GNT, com Marcelo Tas, João Vicente de Castro e Leo Jaime, além de contribuir semanalmente com uma coluna na edição brasileira do jornal El Pais.


1963Elisabeth Shue ▒ Elisabeth Judson Shue (Wilmington, 6 de outubro de 1963) é uma atriz estadunidense, Indicada ao Oscar de Melhor Atriz pelo filme Leaving Las Vegas. Venceu o Young Artist Awards de 1985, por The Karate Kid (melhor jovem atriz coadjuvante).


1963Romero Britto ▒ Romero Britto (Recife, 6 de outubro de 1963) é um pintor, escultor e serígrafo brasileiro radicado nos Estados Unidos.

Considerado um dos artistas mais prestigiados pelas celebridades americanas, já pintou quadros para personalidades como Michael Jackson, Madonna e Arnold Schwarzenegger.


1978Samara Felippo ▒ Samara Felippo Santana (Rio de Janeiro, 6 de outubro de 1978) é uma atriz brasileira. Samara Felippo Santana (Rio de Janeiro, 6 de outubro de 1978) é uma atriz brasileira. Em 2008 participou do reality show do Domingão do Faustão, Dança dos Famosos 5.


1988Kayky Brito ▒ Kayky Fernandes de Brito (São Paulo, 6 de outubro de 1988)[1] é um ator brasileiro. Desempenhou o papel do protagonista Zeca na novela O Beijo do Vampiro. Teve um maior desafio na novela Chocolate com Pimenta, onde desempenhou o papel de Bernadete/Bernardo, um garoto que foi criado como se fosse menina. É irmão da também atriz Sthefany Brito.

3 ▒ CAPA do DIA

Fernando Scherer

43 Anos

Fernando de Queiroz Scherer (Florianópolis, 6 de outubro de 1974), o Xuxa, é um ex-atleta brasileiro de natação.

Teve importante participação na história brasileira desse esporte, se especializando nas provas de 50 metros livre e 100 metros livre. Entre suas principais conquistas estão duas medalhas olímpicas, dez medalhas em Jogos Pan-Americanos e alguns recordes.

Foi federado em diversos clubes, entre eles o Doze de Agosto (de Santa Catarina), o Flamengo (do Rio de Janeiro) e o Primeiro de Maio (de São Paulo).

Trajetória esportiva

Início

Scherer iniciou-se na natação para combater problemas respiratórios.

Aos 14 anos participou das primeiras competições e, nesta época, treinava no clube Doze de Agosto.

6 de Outubro – Fernando Scherer – 1974 – 43 Anos em 2017 – Acontecimentos do Dia – Foto 14 – Fernando Scherer com a apresentadora, Xuxa, e a esposa, Sheila Mello.

Em 1992 começou a ter projeção nacional ao vencer os 50 metros e os 100 metros livre no Troféu Brasil.

Nesse dia, os amigos criaram o apelido pelo qual Scherer se tornou muito conhecido: “Xuxa“, devido aos cabelos loiros que o catarinense possuía, que pareciam com os da apresentadora infantil de televisão.[1]

6 de Outubro – Fernando Scherer – 1974 – 43 Anos em 2017 – Acontecimentos do Dia – Foto 15 – Fernando Scherer e o irmão, Marcelo Scherer.

1993

No Troféu José Finkel (campeonato brasileiro de piscina curta) que aconteceu em Santos, em julho de 1993, o time do Brasil, composto por Fernando Scherer, Teófilo Ferreira, José Carlos Souza e Gustavo Borges bateu o recorde mundial do revezamento 4×100 metros livre no dia 7, com o tempo de 3m13s97, três centésimos melhor que a marca que era da Suécia desde 19 de março de 1989, 3m14s00. Em 5 de dezembro, o Brasil bateu novamente o recorde da prova, com a mesma equipe, e a marca de 3min12s11.[2] Esta marca foi obtida no Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 1993 de Palma de Mallorca, onde Scherer ganhou seus primeiros grandes títulos: o ouro nos 4×100 metros livre e o ouro nos 100 metros livre, com apenas 19 anos de idade e cinco anos de natação. Com isso, foi eleito o atleta revelação do Brasil.[1]

1994

Participou do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 1994 realizado em Roma, na Itália, onde obteve o bronze na prova do 4×100 metros livre junto com Teófilo Ferreira, André Teixeirae Gustavo Borges.[3][4] Scherer também ficou em décimo lugar nos 50 metros livre, e 14º nos 100 metros livre.[5]

1995

Em 1995, assinou contrato com o Flamengo: foi o primeiro atleta da natação com contrato assinado.[1]

Scherer participa pela primeira vez dos Jogos Pan- Americanos em 1995, em março, na Argentina, onde ele se tornou campeão dos 50 metros livre. Além disso, ganhou mais duas pratas nos revezamentos 4×100 e 4×200 metros livre, e o bronze nos 100 metros livre.[6]

Foi considerado o ‘Esportista Brasileiro do Ano em 1995, após ganhar duas medalhas de ouro no Campeonato Mundial em Piscina Curta de 1995 no Rio de Janeiro.

6 de Outubro – Fernando Scherer – 1974 – 43 Anos em 2017 – Acontecimentos do Dia – Ronaldo Fenômeno, Felipe Andreoli e Fernando Scherer em evento em São Paulo.

1996

Participou dos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996, onde obteve o bronze nos 50 metros livre, ficou em quinto lugar nos 100 metros livre, e em quarto lugar no revezamento 4×100 metros livre.[7]

1998

Em 1998, Xuxa se mudou para Coral Springs, na Flórida.[1]

Scherer esteve no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 1998 em Perth, onde ficou em oitavo lugar na final dos 50 metros livre, 17º nos 100 metros livre e sexto na final dos 4×100 metros livre. [8]

Em agosto de 1998, em Nova York, Xuxa quebrou o recorde sul-americano dos 50 metros livre, com a marca de 22s18, que só viria a ser quebrado nove anos depois, em 2007, por César Cielo; e também dos 100 metros livre, com a marca de 48s69, que demorou oito anos para ser quebrada, em 2006, também por Cielo.[9][10] Com isso, obteve a primeira colocação no ranking mundial em ambas as provas, e recebeu o título de Melhor do Mundo pela revista Swimworld e (pela segunda vez), de melhor atleta brasileiro pelo COB.[1]

O final de 1998 ficou marcado pela terceira quebra consecutiva do recorde dos 4×100 metros livre em piscina curta, pelo revezamento brasileiro. Em 20 de dezembro, logo após o encerramento do Troféu José Finkel, o quarteto formado por Fernando Scherer, Carlos Jayme, Alexandre Massura e Gustavo Borges, nesta ordem, caíram na piscina do Club de Regatas Vasco da Gama e conseguiram a marca de 3m10s45, que só seria batida no ano 2000 pela equipe da Suécia.[2][11] Nesta competição, Scherer também havia quebrado os recordes sul-americanos de piscina curta das provas dos 50 metros livre, com 21s44; 100 metros livre, com 47s17; e o recorde brasileiro dos 100 metros borboleta, com 53s13.[12]

Foi eleito também melhor nadador do mundo no ano de 1998 pela Federação Internacional de Natação.

1999

Em 1999 começou o ano quebrando duas vezes, na mesma semana de março, o recorde sul-americano dos 50 metros borboleta.[1]

Neste ano, Scherer teve participação efetiva no melhor resultado do Brasil de todos os tempos da natação brasileira nos Jogos Pan-Americanos. Neste Pan de 1999, o revezamento 4x100m medley (formado por Alexandre Massura, Marcelo Tomazini, Gustavo Borges e Scherer) ganhou, pela primeira vez na história do Pan, a medalha de ouro, com o tempo de 3m40s27, quebrando os recordes pan- americano e sul-americano, além de garantir a vaga do revezamento brasileiro para as Olimpíadas de Sydney 2000. Também ganhou os ouros nos 50 e 100 metros livre e 4×100 metros livre (neste com recorde sul-americano), sendo o primeiro brasileiro a ganhar quatro ouros no mesmo Pan.[1][13]

6 de Outubro – Fernando Scherer – 1974 – 43 Anos em 2017 – Acontecimentos do Dia – O revezamento do Brasil – Sydney 2000 – Edvaldo Valério, Carlos Jayme, Gustavo Borges e Fe

2000

Em 2000, Scherer abdicou de todas as competições unicamente para se preparar para Sydney 2000.

Porém, um acidente na escada de sua casa fez com que ele sofresse uma entorse no tornozelo, que causou um rompimento parcial do ligamento, fato este que quase o tirou dos jogos.

Mesmo assim, praticamente sem condições de nadar – o nadador quase não bateu perna durante a prova – Scherer ganhou o bronze no revezamento 4×100 metros livre.

Também participou de outras duas provas, ficando em 12º nos 4×100 metros medley e 20º nos 50 metros livre.[1][7]

2002

Em 2002, Xuxa volta a morar no Brasil, em São Paulo.[1]

2003

Em julho, no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2003 em Barcelona, bateu o recorde sul-americano dos 50 metros borboleta, que era dele mesmo, com a marca de 23s86.[14]Foi à final da prova, terminando em oitavo lugar.[15] Também participou dos 50 metros livre, onde terminou na 23º colocação,[16] e dos 4×100 metros livre, terminando na 12ª colocação.[17]

Participou de seu terceiro Pan, na República Dominicana, aos 29 anos de idade. Nesta edição, ajudou a natação do Brasil a conseguir 21 medalhas (recorde da modalidade). Obteve dois ouros, nos 50 metros livre (batendo o campeão olímpico Gary Hall Jr. e o campeão mundial José Meolans) e no revezamento 4×100 metros livre.[18]

2004

Em maio, igualou seu recorde sul-americano dos 50 metros borboleta: 23s86.[19]

Em Atenas 2004, participou apenas de uma prova, ficando em 11º nos 50 metros livre.[7]

2005

Já com 30 anos de idade, participando do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2005, Scherer ainda bateu o recorde sul-americano dos 50 metros borboleta na semifinal do campeonato, em 24 de julho, com a marca de 23s55,[20] recorde que só viria a ser batido em 2009 por César Cielo.[21][22] Terminou em quinto lugar na final.[23] Também obteve o 24º lugar nos 50 metros livre.[24]

2007

Em 2007, Xuxa se aposentou da natação profissional.[1]

6 de Outubro – Fernando Scherer – 1974 – 43 Anos em 2017 – Acontecimentos do Dia – Fernando Scherer com a filha, Brenda e a esposa, Sheila Mello.

Vida pessoal

Atualmente Fernando Scherer é empresário de atletas.

6 de Outubro – Fernando Scherer – 1974 – 43 Anos em 2017 – Acontecimentos do Dia – Cesar Cielo e Fernando Scherer.

Já foi empresário de César Cielo Filho, que conquistou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Pequim 2008 nos 50 metros livres, a medalha de bronze nos 100 metros livre, além de se tornar campeão mundial nos 50 e 100 metros livres no Mundial de Roma 2009, batendo o recorde mundial dos 100 metros livres.[25]

Em 2009, participou do reality show A Fazenda 2, da Rede Record.[26]

Durante sua participação no programa, conheceu a dançarina Sheila Mello, com quem namorou após o fim da atração e se casou em 2010.

Fernando Scherer e Sheila Mello são pais da pequena Brenda, nascida em 26 de Março de 2013.

Brenda é a primeira filha do casal, e segunda de Xuxa, que também é pai de Isabella, fruto de um relacionamento anterior.[27]

6 de Outubro – Fernando Scherer – 1974 – 43 Anos em 2017 – Acontecimentos do Dia – Fernando Scherer com a filha, Isabella.

Possui uma academia localizada no Beiramar Shopping, em Florianópolis.[28]

Recordes

Fernando Scherer é ex-detentor dos seguintes recordes:

Prova Marca Data Recorde Tipo de piscina
50 metros livre[9] 22s18 agosto de 1998 sul-americano longa
100 metros livre[10] 48s69 2 de agosto de 1998 sul-americano longa
50 metros borboleta[21] 23s55 24 de julho de 2005 sul-americano longa
4×100 metros livre[29] 3m17s18 agosto de 1999 sul-americano longa
4×100 metros medley[30] 3m40s27 agosto de 1999 sul-americano longa
50 metros livres[31] 21s44 17 de dezembro de 1998 sul-americano curta
100 metros livre[12] 47s17 19 de dezembro de 1998 sul-americano curta
100 metros borboleta[12] 53s13 19 de dezembro de 1998 brasileiro curta
4×100 metros livre[11] 3m10s45 20 de dezembro de 1998 mundial curta

Em piscina curta (25m), Fernando Scherer foi recordista mundial do revezamento 4×100 metros livre entre 1993 e 2000.

6 de Outubro – Fernando Scherer – 1974 – 43 Anos em 2017 – Acontecimentos do Dia – Fernando Scherer e Gustavo borges mostram medalhas

Conquistas

Recordes

  • 4×50 metros livre (1m29s31)
  • Segundo lugar no recorde de medalhas de ouro obtidas em um único Pan-Americano: quatro de ouro (100 metros livre, 50 metros livre, 4×100 medley e 4×100 livre), nos Jogos de Winnipeg em 1999)

Principais resultados

Ano Torneio Local Prova Resultado Marca Recorde
1993 Campeonato Mundial em Piscina Curta Palma de MallorcaEspanha 100 metros livre 48.38
1993 Campeonato Mundial em Piscina Curta Palma de Mallorca, Espanha 4×100 metros livre 3:12.11 Recorde mundial
1994 Campeonato Mundial RomaItália 4×100 metros livre 3:19.35
1995 Jogos Pan-Americanos Mar del PlataArgentina 50 metros livre 22.65
1995 Jogos Pan-Americanos Mar del Plata, Argentina 4×100 metros livre 3:20.33
1995A Jogos Pan-Americanos Mar del Plata, Argentina 4×200 metros livre 7:28.70
1995 Jogos Pan-Americanos Mar del Plata, Argentina 100 metros livre 49.79
1995 Universíade FukuokaJapão 50 metros livre 22.48
1995 Universíade Fukuoka, Japão 100 metros livre 49.69
1995 Universíade Fukuoka, Japão 4×100 metros livre 3:20.53
1995 Campeonato Mundial em Piscina Curta Rio de JaneiroBrasil 100 metros livre 47.97
1995 Campeonato Mundial em Piscina Curta Rio de Janeiro, Brasil 4×100 metros livre 3:12.42
1995 Campeonato Mundial em Piscina Curta Rio de Janeiro, Brasil 50 metros livre 22.08
1996 Jogos Olímpicos AtlantaEUA 50 metros livre 22.29
1999 Jogos Pan-Americanos WinnipegCanadá 50 metros livre 22.46
1999 Jogos Pan-Americanos Winnipeg, Canadá 100 metros livre 49.19 Recorde dos Jogos Pan-Americanos
1999 Jogos Pan-Americanos Winnipeg, Canadá 4×100 metros livre 3:17.18 Recorde dos Jogos Pan-Americanos Recorde sul-americano
1999 Jogos Pan-Americanos Winnipeg, Canadá 4×100 metros medley 3:40.27 Recorde dos Jogos Pan-Americanos Recorde sul-americano
2000 Jogos Olímpicos SydneyAustrália 4×100 metros livre 3:17.40
2003 Jogos Pan-Americanos Santo DomingoRepública Dominicana 50 metros livre 22.40
2003 Jogos Pan-Americanos Santo Domingo, República Dominicana 4×100 metros livre 3:18.66

CITAÇÃO

Fernando Scherer – O legado da vida esportiva

“Pratiquem esporte, mesmo que não competitivamente, pois é saudável e você faz boas amizades, que duram para o resto da vida.”

Fernando Scherer / Fonte: Kd Frases

Fernando Scherer

Fernando de Queiroz Scherer

(Florianópolis, 6 de outubro de 1974)

43 Anos

4 ▒ ACONTECIMENTOS


1889 – Hans Meyer, Ludwig Purtscheller e o guia Yohana Lauwo alcançam o topo do Kilimanjaro.


1927O Cantor de Jazz, primeiro filme falado da história, tem pré-estréia em Nova York.

1974Emerson Fittipaldi conquista o mundial de Fórmula 1 pela segunda vez.

1985Nigel Mansell vence pela primeira vez na carreira e Alain Prost é campeão mundial de Fórmula 1 pela primeira vez e é também o primeiro título da França na Fórmula 1.


Cidade de Suva, capital de Fiji.

1987 – Proclamação da república no arquipélago de Fiji.


1992 – Início das transmissões da rede de TV portuguesa SIC.

5 ▒ FALECIMENTOS

1940Adolfo Lutz ▒ Adolfo Lutz (Rio de Janeiro, 18 de dezembro de 1855 — Rio de Janeiro, 6 de outubro de 1940) foi um médico e cientista brasileiro, pai da medicina tropical e da zoologia médica no Brasil. Pioneiro na área de epidemiologia e na pesquisa de doenças infecciosas.[1] Em 2017, seu sobrenome foi homenageado a partir da nomeação da espécie de perereca Aplastodiscus lutzorum.


1989Bette Davis ▒ Ruth Elizabeth “Bette” Davis (Lowell, 5 de abril de 1908Neuilly-sur-Seine, 6 de outubro de 1989), foi uma atriz estadunidense de cinema, televisão e teatro. Conhecida por sua vontade de interpretar personagens antipáticas, ela era venerada por suas atuações numa variada gama de gêneros cinematográficos; de melodramas policiais, filmes de época e comédias, embora seus maiores sucessos tenham sido romances dramáticos. Ganhou o Oscar de Melhor Atriz duas vezes.

1999Amália Rodrigues ▒ Amália da Piedade Rodrigues GCSEGCIH (Lisboa, 1 de Julho de 1920[2]Lisboa, 6 de Outubro de 1999) foi uma fadista, cantora e atriz portuguesa, geralmente aclamada como a voz de Portugal e uma das mais brilhantes cantoras do século XX. Vendeu mais de 30 milhões de cópias em todo o mundo, número 3 vezes maior que a população de Portugal.


2011Diane Cilento ▒ Diane Cilento (Mooloolaba, 5 de outubro de 1933Cairns, 6 de outubro de 2011) foi uma atriz australiana. Fez sucesso no cinema americano nas décadas de 1950 e 1960, quando foi indicada ao Oscar por seu trabalho no filme Tom Jones de 1963. Diane foi casada com o astro Sean Connery

6 ▒ FERIADOS e EVENTOS CÍCLICOS

Brasil

  • Dia Nacional do Circulista
  • Dia Estadual de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes – Mato Grosso do Sul[2].
  • Dia do Tecnólogo Educacional

7 ▒ TRAGÉDIAS da HUMANIDADE

8 ▒ CIDADES ANIVERSARIANTES

Dados do IBGE

Cáceres (MT)

Conceição da Barra (ES)

Contendas do Sincorá (BA)

Coronel Freitas (SC)

Ipaporanga (CE)

Jaciara (MT)

Livramento de Nossa Senhora (BA)

Monte Carmelo (MG)

Quilombo (SC)

Cáceres (MT)

249 Anos

6 de outubro de 1778

caceres.mt.gov.br

Cáceres é um município do estado brasileiro de Mato Grosso.

Tem uma população de 90.881 segundo o IBGE em 2016, faz fronteira com a Bolívia.

Cáceres é o principal município mato-grossense abrangido pelo Pantanal, localizado na mesorregião Centro-Sul do estado e na microrregião do Alto Pantanal.

Localização

Apesar de ser considerada uma típica cidade pantaneira, Cáceres está situada dentro da Amazônia Legal, que compreende, além de todo o estado de Mato Grosso, mais 8 estados brasileiros (o Pantanal Norte, onde fica Cáceres, é chamado também de Pantanal Amazônico por estar totalmente inserido na Amazônia Legal).

Clima

O clima é tropical, apresentando temperatura média anual de 24 °C.

Possui duas estações bem definidas, a estação seca de abril á Setembro, e a estação chuvosa entre outubro e março.

As temperaturas médias diminuem entre maio e Julho.

6 de Outubro – Catedral São Luís, sede da Diocese de São Luís de Cáceres — Cáceres (MT) — 249 Anos em 2017.

História

A vila de São Luís de Cáceres foi fundada em 6 de outubro de 1778 pelo tenente de Dragões Antônio Pinto Rego e Carvalho, por determinação do quarto governador e capitão-general da capitania de Mato Grosso, Luís de Albuquerque de Melo Pereira e Cáceres.

Cáceres, com o nome de Vila-Maria do Paraguai, em homenagem à rainha reinante de Portugal. No início, o povoado de Cáceres não passava de uma aldeia, centrada em torno da igrejinha de São Luiz de França(Luís IX de França). A Fazenda Jacobina destacava-se na primeira metade do século XIX por ser a maior da província de Mato Grosso em termos de área e produção. Foi lá que Sabino Vieira, chefe da Sabinada, a malograda Conjuração baiana, refugiou-se e veio a morrer em 1846.

  • O historiador Natalino Ferreira Mendes conta em seus livros que, em meados do século passado, Vila-Maria do Paraguai experimentou algum progresso, graças ao advento do ciclo da indústria extrativa, que tinha seus principais produtos no Gado, na Borracha e na Ipecacuanha, o Ouro negro da floresta, e à abertura da navegação fluvial.

As razões para a fundação do povoado foram a necessidade de defesa e incremento da fronteira sudoeste de Mato Grosso; a comunicação entre Vila Bela da Santíssima Trindade e Cuiabá e, pelo Rio Paraguai, com a capitania de São Paulo; e a fertilidade do solo no local, com abundantes recursos hídricos

Em 1860, Vila-Maria do Paraguai já contava com sua Câmara Municipal, mas só em 1874 foi elevada à categoria de cidade, com o nome de São Luiz de Cáceres, em homenagem ao padroeiro e ao fundador da cidade. Em 1938, o município passou a se chamar apenas Cáceres. Em fevereiro de 1883, foi assentado na Praça da Matriz, atual Barão do Rio Branco, o Marco do Jauru, comemorativo do Tratado de Madrid, de 1750. Junto com a Catedral de São Luís – cuja construção teve início em 1919, mas só foi concluída em 65 -. os dois monumentos estão até hoje entre os principais atrativos turísticos da cidade.

A navegação pelo Rio Paraguai desenvolveu o comércio com Corumbá, Cuiabá e outras praças, e o incremento das atividades agropecuárias e extrativistas fez surgir os estabelecimentos industriais representados pelas usinas de açúcar e as charqueadas de Descalvados e Barranco Vermelho, de grande expressão em suas épocas

Em 1914, São Luís de Cáceres recebeu a visita do ex-presidente dos Estados Unidos, Theodore Roosevelt, que participava da Expedição Roosevelt- Rondon. Conta-se que ele ficou encantado com o comércio local, cujo carro-chefe era a loja “Ao Anjo da Ventura”, de propriedade da firma José Dulce & Cia, que também era dona do vapor Etrúria. As lanchas que deixavam Cáceres com destino a Corumbá levavam poaia (ou ipecacuanha), borracha e produtos como charque e couro de animais e voltavam carregadas de mercadorias finas, como sedas, cristais e louças vindas da Europa.

No início de 1927, Cáceres viveu dois acontecimentos marcantes: a passagem da Coluna Prestes por seus arredores, que provocou a fuga de muitos moradores, e o pouso do hidroavião italiano Santa Maria, o primeiro a sobrevoar Mato Grosso. .

A partir de 1950, as mudanças passaram a ser mais rápidas.No início dos anos 60, foi construída a ponte Marechal Rondon, sobre o Rio Paraguai, que facilitou a expansão em direção ao noroeste do Estado. A chegada de uma nova leva migratória,causada pelo desenvolvimento agrícola que projetou polo de produção no Estado e no pais, mudou o perfil de Cáceres, cuja ligação com a capital, Cuiabá, foi se intensificando à medida que melhoravam as condições da estrada ligando as duas cidades. É nesse período que ocorre a emancipação dos novos núcleos sócios-econômicos.

Assim, emanciparam-se de Cáceres: o distrito de Mirassol d’Oeste, Salto do Céu, Jauru, Porto Esperidião, São José dos Quatro Marcos, Araputanga, Reserva do Cabaçal, Figueirópolis d’Oeste, Porto Estrela,Lambari d’Oeste e Rio Branco.

6 de Outubro – Praia do Daveron — Cáceres (MT) — 249 Anos em 2017.

Patrimônio Histórico

Como cidade fundada no século XVIII, Cáceres possui inúmeros prédios e elementos arquitetônicos de alta relevância, teve parte do perímetro do centro do município tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 2010. Além do Centro Histórico, foram tombadas fazendas, usinas, e sítios arqueológicos. Cáceres destaca-se, especialmente, por retratar em sua arquitetura diferentes fases vividas desde a colonização da América Portuguesa até os dias atuais, tendo desde edificações em perfeito estado de conservação, até prédios em estado avançado de degradação, seja por ação humana ou do tempo.

Tipologia Colonial

A Tipologia Colonial foi introduzida na América Portuguesa no período que vai de 1530 até 1830, importando e adaptando as correntes de estilo presentes na Europa à realidade de materiais, mão de obra e técnicas locais, utilizando taipa e adobe, sem grandes atributos decorativos, e apresentando batentes de portas e janelas de madeira larga, tendo função estrutural.

Estilo Neoclássico

Introduzido principalmente pela missão artística trazida por D. João VI em 1816, destacou-se como o estilo próprio do período monárquico brasileiro, porém sendo introduzido em Cáceres apenas no final do século XIX. Tem como principais características o pé-direito alto, colunas e frisos inspirados na Grécia e Roma antigas, portas e janelas com bandeira em arco, frontões, platibanda ocultando o telhado, e cimalhas. Este estilo destacou-se nas casas da elite local e nas casas comerciais locais.

Inspiração Neogótica

Popularizou-se no Brasil por volta de 1880, próximo ao final do reinado de D. Pedro II e procurava reviver as formas góticas medievais, em contraste com os estilos clássicos dominantes naquele período. Caracteriza-se pelo verticalismo dos edifícios, em substituição ao horizontalismo romântico, paredes mais leves e finas, janelas predominantes, torres ornadas por rosáceas, arco de volta quebrada, torres sineiras em forma de pirâmide, e abóbodas de arcos cruzados e ogivas.

6 de Outubro – Catedral São Luís — Cáceres (MT) — 249 Anos em 2017.

Em Cáceres, destaca-se a Catedral São Luiz enquanto exemplo deste estilo, numa tentativa de construir uma réplica da Notre Dame de Paris.

Estilo Eclético

Estilo do final do século XIX e primeiras décadas do século XX, trata-se de uma combinação de elementos de vários estilos arquitetônicos, que poderiam ser clássico, medieval, renascentista, barroca ou neoclássica, se caracterizando pelo excesso decorativo nas edificações. De modo geral, destacam-se a simetria, a busca pela grandiosidade, riqueza decorativa, janelas de três folhas, recuo entre a casa e a calçada, com jardim interno, inspirado nos palacetes da monarquia.

Estilo Art Decó

Introduzido em Cáceres em meados do século XX, caracteriza-se pelo uso decorativo de linhas retas e horizontais, inclusive em zigue-zague, configurando zigurates, sendo um estilo bastante simplificado em aspectos decorativos, apresentando formas geométricas, filetes nas platibandas e a curva em evidência.

Economia

Agropecuária

A pecuária é a principal atividade econômica da cidade, que possui um dos maiores rebanhos de gado do Brasil.

Cáceres possui o único frigorífico de jacaré da América Latina, a COOCRIJAPAN, idealizada e fundada por Huberto Cezar de Moraes Machado. A estrutura conta com 3 criatórios comerciais, um frigorífico e um curtume. Com o apoio do Sebrae em Mato Grosso por meio do Projeto Animais Silvestres, objetivos vêm sendo obtidos para o desenvolvimento dessa atividade. O projeto iniciado em 2006, além de fomentar a atividade, tem capacitado os produtores, implementando novas tecnologias e principalmente a preservação do meio ambiente. Cáceres possui ainda indústrias de couro (abate diário de cinco mil cabeças de gado bovino em cinco frigoríficos, quinze laticínios e três curtumes), cana-de-açúcar (duas usinas com produção de oitenta e cinco milhões de litros de álcool), madeira (vinte e três mil hectares com plantação de teca e extração de borracha) e mineral (calcário e brita).

ZPE-MT (Zona de Processamento e Exportação)

A ZPE de Cáceres é vista como uma das mais importantes do país, e consequentemente de Mato Grosso. As Zonas de Processamento de Exportação são consideradas áreas de livre comércio destinadas à instalação de empresas industriais voltadas à produção de bens cujos produtos são comercializados exclusivamente no mercado externo; 20% da produção da área pode ser comercializada no mercado interno, e esses produtos passam por encargos e taxas tributárias como qualquer outro importado para o Brasil.

Com a implantação da ZPE no município, empresas poderão instalar-se isentas de qualquer tipo de imposto convencional às indústrias. A área doada destinada à ZPE possui 247 hectaresno distrito industrial, e já conta com a instalação de empresas no ramo de: couro, cana-de-açúcar, madeira e mineral. Segundo o Sebrae, são esperados cerca de 10.500 postos de trabalho diretos e indiretos com a implantação da ZPE. A ZPE de Cáceres, além de proporcionar a atração de investimentos estrangeiros (e andinos), irá atender o critério de desenvolvimento regional.

6 de Outubro – Foto aérea da cidade Princesinha do Pantanal — Cáceres (MT) — 249 Anos em 2017.

Infraestrutura

Nos últimos anos, Cáceres vem estruturando-se como importante porto fluvial mato-grossense, incorporando-se à política de Integração Latino- Americana, buscando a implantação do sistema de transporte intermodal, e a ligação por rodovia com a Bolívia, terminando no Oceano Pacífico, no Chile.

A hidrovia Paraguai-Paraná, em Cáceres, é um modal alternativo às exportações estaduais.

Televisão

Rádios

  • Rádio Difusora FM 102.3 MHz
  • Rádio Difusora AM 820 kHz
  • Rádio Centro América Hits FM 103.1 MHz
  • Rádio Jornal AM 730 kHz
  • Rádio Cáceres FM 100.1 MHz
  • Rádio Difusora 5055 kHz Ondas Tropicais ( por enquanto ainda fora do ar )

6 de Outubro – SICMATUR – Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Meio Ambiente e Turismo — Cáceres (MT) — 249 Anos em 2017.

Turismo

Cáceres se destaca no turismo histórico e esportivo. Encontra-se situada numa das regiões mais privilegiadas do pantanal mato-grossense, visto que ostenta uma das maiores potencialidades turísticas do estado, ou seja, a grandiosidade e a beleza do Rio Paraguai e seus afluentes. Se desenvolve em torno da pesca esportiva sendo sede de um evento mundial: o Festival Internacional de Pesca Esportiva (FIPe), registrado no Guinness Book como o maior campeonato de pesca do mundo em águas fluviais.

9 ▒ GALERIA de FOTOS

10 ▒ CRÉDITOS

Datas, fatos e os nascimentos mais importantes no Brasil e no Mundo, em todos os dias do ano, ilustrado com fotos e curiosidades.

SITE ► acontecimentosdodia.com

FONTE PRINCIPAL ► WIKIWAND

OUTRAS FONTES de PESQUISA:

Cidades IBGEFilmowAdoro CinemaBIO (facebook)GShowAniv.DiaAniv.FamososHistoryHistory (facebook)

Paul Sampaio, perfil, 1  Paul Sampaio – Autor

PESQUISA e REALIZAÇÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s