4 de Outubro – Assis Chateaubriand e Frutal (MG) – 2017

☺ Assis Chateaubriand

125 Anos

▒ CIDADE – Frutal (MG) 130 Anos

▒ ANIV. – Franz Reichenstein • Saint-Hilaire • Jean-François Millet • Prudente de Moraes • Clóvis Beviláqua • Buster Keaton • Charlton Heston • Anne Rice • Susan Sarandon • Lúcia Alves • Armand Assante • Stephen Gyllenhaal • Christoph Waltz • Chris Lowe • Verônica Sabino • Jon Secada • Liev Schreiber • Alicia Silverstone • Leonardo Chaves • Patrícia Abravanel • Melissa Benoist • Dakota Johnson

▒ FATOS – Bélgica • Cruzeiro • Sputnik 1 • Lesoto • Emerson Fittipaldi • Moçambique

▒ ÓBITOS – Teresa de Ávila • Rembrandt • Max Planck • Janis Joplin • Glenn Gould • Mercedes Sosa • Seu Nenê • Hugo Carvana

1 ▒ POSTER e VÍDEOS

GALERIA de VÍDEOS
Principais Vídeos da WEB publicados no Acontecimentos do Dia e outras WEB TVs da Rede Sampaio

2 ▒ NASCIMENTOS

1740Franz Joseph Müller von Reichenstein ▒ Franz-Joseph Müller von Reichenstein (em húngaro Müller F. József) foi um mineralogista austrohúngaro que descobriu o telúrio. Em 1782 ou 1783, como inspetor principal das minas da Romênia, analisou um minério de ouro azulado proveniente da Transylvânia. Martin Heinrich Klaproth isolou o novo elemento e o denominou de tellurium (telúrio); porém, deu o crédito da descoberta ao barão Reichenstein.


1779Auguste de Saint-Hilaire ▒ Augustin François César Prouvençal de Saint-Hilaire (Orleães, 4 de outubro de 1779 — Orleães, 3 de setembro de 1853) foi um botânico, naturalista e viajante francês. Viajou alguns anos pelo Brasil, tendo escrito importantes livros sobre os costumes e paisagens brasileiras do século XIX.


1814Jean-François Millet ▒ Jean-François Millet (4 de Outubro de 181420 de Janeiro de 1875) foi um pintor realista e um dos fundadores da Escola de Barbizon na França rural. É conhecido como precursor do realismo, pelas suas representações de trabalhadores rurais.


1841Prudente de Moraes ▒ Prudente José de Moraes e Barros (Itu, 4 de outubro de 1841Piracicaba, 3 de dezembro de 1902) foi um advogado e político brasileiro. Foi presidente do estado de São Paulo (cargo equivalente ao de governador), senador, presidente da Assembleia Nacional Constituinte de 1891 e terceiro presidente do Brasil, tendo sido o primeiro civil a assumir o cargo e o primeiro presidente por eleição direta.


1859Clóvis Beviláqua ▒ Clóvis Beviláqua[nota 1] (Viçosa do Ceará, 4 de outubro de 1859Rio de Janeiro, 26 de julho de 1944) foi um jurista, legislador, filósofo e historiador brasileiro. Foi o autor do projeto do Código Civil brasileiro em 1901. O Código só foi promulgado mais tarde, em 1916, e vigorou até o advento da Lei 10.406, de 10 de janeiro de 2002.


1895Buster Keaton ▒ Buster Keaton, nome artístico de Joseph Frank Keaton Jr., (Piqua, 4 de Outubro de 1895 – Woodland Hills, 1 de Fevereiro de 1966), foi um ator e diretor americano de comédias mudas, considerado o grande rival de Charlie Chaplin, mas ao contrário de Chaplin, o estrelato e veia cômica de Keaton não sobreviveram à conversão de Hollywood ao cinema falado.


1924Charlton Heston ▒ Charlton Heston, nome artístico de John Charles Carter, (Evanston, Illinois, [1][2] 4 de outubro de 1923Beverly Hills, 5 de abril de 2008) foi um ator norte-americano notabilizado no cinemapor papéis heroicos em superproduções da época de ouro de Hollywood, como Moisés de Os Dez Mandamentos, Judah Ben- Hur de Ben-Hur, o lendário cavaleiro espanhol El Cid no filme homônimo e Robert Neville em A Última Esperança da Terra.


1941Anne Rice ▒ Howard Allen O’Brien, mais conhecida como Anne Rice (Nova Orleães, 4 de outubro de 1941), é uma escritora norte-americana, autora de séries de terror e fantasia. Em seus livros, invariavelmente apresenta os seus vampiros como indivíduos com paixões, teorias, sentimentos, defeitos e qualidades, tal como os seres humanos.


1946Susan Sarandon ▒ Susan Abigail Tomalin (Nova Iorque, 4 de outubro de 1946), mais conhecida como Susan Sarandon, é uma premiada atriz norte-americana, que por sua versatilidade, reconhecimento em grandes premiações como o Oscar e BAFTA, aclamação da critica e papeis em clássicos como Thelma & Louise, The Rocky Horror Picture Show e Dead Man Walking (Oscar), é reconhecida como uma das melhores atrizes em atividade.


1948Lúcia Alves ▒ Lúcia Alves (Rio de Janeiro, 4 de outubro de 1948) é uma consagrada atriz brasileira. A estréia em novelas foi na TV Tupi em Enquanto Houver Estrelas, de Mário Brasini, em 1969, mas a consagração veio mesmo como a índia Potira em Irmãos Coragem, marco de Janete Clair em 1970. Recebeu o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante no Festival de Brasília de 2004, por Bendito Fruto. É irmã de Sidney Magal.


1949Armand Assante ▒ Armand Anthony Assante, Jr. (Nova Iorque, 4 de outubro de 1949) é um ator estadunidense. Realizou diversos trabalhos na TV e no cinema. Destaque para sua interpretação do filósofo Friedrich Nietzsche em um fictício encontro com o médico Josef Breuer, professor de Sigmund Freud, no filme ‘Quando Nietzche Chorou‘, de 2007.

1949Stephen Gyllenhaal ▒ Stephen Roark Gyllenhaal (Cleveland, 4 de Outubro de 1949) é um diretor, ator e poeta norte-americano. Gyllenhaal dirigiu a versão cinematográfica do romance Paris Trout de Pete Dexter, que foi indicado para cinco Emmy Award. É pai dos atores Maggie e Jake Gyllenhaal.


1956Christoph Waltz ▒ Christoph Waltz (Viena, 4 de outubro de 1956) é um premiado ator austríaco, conhecido internacionalmente pelo seu papel de Hans Landa no filme Inglourious Basterds, pelo qual ganhou o prêmio Screen Actors Guild para melhor ator secundário no cinema, o Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante, o BAFTA de Melhor Ator Coadjuvante e o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante e também pelo seu papel de Dr. King Schultz no filme Django Unchained, pelo qual ganhou também os prêmios Oscar, Globo de Ouro e BAFTA. Ambos filmes são do mesmo diretor, Quentin Tarantino.


1959Chris Lowe ▒ Christopher Sean Lowe (Blackpool, 4 de Outubro de 1959) é um músico britânico, integrante da dupla Pet Shop Boys, com o seu amigo Neil Tennant. Apresenta-se sempre nos palcos trabalhando nos teclados, enquanto Neil canta e toca guitarra.


1960Verônica Sabino ▒ Verônica Estill Sabino (Rio de Janeiro, 4 de outubro de 1960) é uma cantora e compositora brasileira.[1]. Conquistou o primeiro sucesso em 1986 com a canção “Demais” (versão feita por Zé Rodrix e Miguel Paiva de “Yes It Is” de Lennon/McCartney), um dos maiores sucessos daquele ano, trilha sonora da novela Selva de Pedra.


1962Jon Secada ▒ Juan Francisco Secada Martinez, mais conhecido como Jon Secada (Havana, 4 de outubro de 1962) é um cantor e compositor cubano radicado nos EUA. Sua versão espanhola para o disco “Otro Dia Mas Sin Verte”, se tornou o primeiro na parada da Billboard para o mercado latino e também ganhou um Grammy como melhor álbum pop latino.


1967Liev Schreiber ▒ Isaac Liev Schreiber (San Francisco, 4 de outubro de 1967) é um ator, diretor, roteirista e produtor norte-americano. Tornou-se conhecido durante a década de 1990 e início de 2000, tendo aparecido em vários filmes independentes, e depois filmes de Hollywood, incluindo a trilogia Pânico de filmes de terror, Phantoms, The Sum of All Fears, X-Men Origins: Wolverine, Salt, Taking Woodstock, e Goon. Em 2005, ele ganhou um Tony Award de Melhor Ator em destaque por sua atuação na peça Glengarry Glen Ross.


1976Alicia Silverstone ▒ Alicia Silverstone- Jarecki (San Francisco, 4 de outubro de 1976) é uma atriz, modelo, escritora, produtora de cinema, socialite e empresária norte-americana. As Patricinhas de Beverly Hills se tornou um hit de grande sucesso da crítica e do público durante o verão de 1995. Até hoje esse é o maior sucesso de sua carreira e um dos maiores sucessos dos anos 90.


1976Leonardo Chaves ▒ Leonardo Chaves Zapalá Sbrana Pimentel (Abre Campo, Minas Gerais 4 de outubro de 1976) é compositor, produtor, cantor e arranjador, que compõe com seu irmão, a dupla sertaneja Victor & Léo. Ganharam diversos prêmios, da música brasileira ao Grammy, tendo 7 trabalhos indicados como melhor álbum.


1977Patrícia Abravanel ▒ Patrícia Abravanel (São Paulo, 4 de outubro de 1977)[1] é uma apresentadora e empresária brasileira. O primeiro programa solo da apresentadora foi o Festival SBT 30 anos. É filha do apresentador, empresário e proprietário do SBT, Silvio Santos, e da novelista e empresária Íris Abravanel.


1988Melissa Benoist ▒ Melissa Marie Benoist (Littleton, 4 de outubro de 1988) é uma atriz e cantora americana mais conhecida por seu papel como a personagem-título, Kara Zor-El, na série Supergirl. Ela ganhou destaque como Marley Rose em Glee, e já apareceu em várias séries de televisão, incluindo Homeland, The Good Wife e Law & Order: Special Victims Unit.


1989Dakota Johnson ▒ Dakota Mayi Johnson (Austin, 4 de outubro de 1989)[2] é uma modelo e atriz estadunidense. Ela é filha dos atores Don Johnson e Melanie Griffith e neta da atriz Tippi Hedren. Ela teve sua estréia no cinema ao lado de sua mãe na comédia-drama Crazy in Alabama (1999). Ganhou notoriedade ao interpretar o papel de Anastasia Steele no filme Fifty Shades of Grey(2015), que ganhou o People’s Choice Awards na categoria de Atriz favorita em um filme dramático.

3 ▒ CAPA do DIA

Assis Chateaubriand

125 Anos

Francisco de Assis Chateaubriand Bandeira de Mello, mais conhecido como Assis Chateaubriand ou Chatô, (Umbuzeiro, 4 de outubro de 1892São Paulo, 4 de abril de 1968) foi um jornalista, empresário, mecenas e político destacando-se como um dos homens públicos mais influentes do Brasil nas décadas de 1940 e 1960.[1][2] Foi também advogado, professor de direito,[3] escritor[4] e membro da Academia Brasileira de Letras.[5]

Chateaubriand foi um magnata das comunicações no Brasil entre o final dos anos 1930 e início dos anos 1960, dono dos Diários Associados, que foi o maior conglomerado de mídia da América Latina, que em seu auge contou com mais de cem jornais, emissoras de rádio e TV, revistas e agência telegráfica. Também é conhecido como o cocriador e fundador, em 1947, do Museu de Arte de São Paulo (MASP), junto com Pietro Maria Bardi, e ainda como o responsável pela chegada da televisão ao Brasil, inaugurando em 1950 a primeira emissora de TV do país, a TV Tupi. Foi Senador da República entre 1952 e 1957.[6]

Figura polêmica e controversa, odiado e temido, Chateaubriand já foi chamado de Cidadão Kane brasileiro,[7][8] e acusado de falta de ética por supostamente chantagear empresas[9] que não anunciavam em seus veículos e por insultar empresários com mentiras, como o industrial Francisco Matarazzo Jr .[10][11] Seu império teria sido construído com base em interesses e compromissos políticos,[12] incluindo uma proximidade tumultuada porém rentosa com o Presidente Getúlio Vargas.[13]

Biografia

Família

Filho de Francisco José Bandeira de Melo e de Maria Carmem Guedes Gondim, foi batizado Francisco de Assis por ter nascido no dia dedicado ao santo, a quem a mãe era devota. O nome “Chateaubriand” tem origem na admiração do pai pelo poeta e pensador francês François-René de Chateaubriand, a ponto de comprar uma escola em meados do século XIX, na região de São João do Cariri, dando- lhe o nome do pensador francês. Logo, Francisco José passou a ser conhecido na região como “seu José do Chateaubriand”, que, por corruptela, derivou para “José Chateaubriand”. O nome ficou tão vinculado a Francisco José que ele batizou seus filhos com o sobrenome francês.[14]

Chateaubriand casou-se uma vez apenas, com Maria Henriqueta Barroso do Amaral, filha do juiz Zózimo Barroso do Amaral. Teve três filhos: Fernando, Gilberto e Teresa.[15] Em 1934 desquitou-se e uniu- se a uma jovem de nome Corita, com quem teve uma filha, Teresa, que decidida a deixar Chatô, levou a filha com ela. Chatô consegue sequestrar a própria filha, assumindo a paternidade e, com o apoio de Getúlio Vargas, obtém o pátrio poder.

As relações de Chatô, especialmente com os filhos, são conturbadas e repletas de grandes conflitos e separações radicais. [16]

Carreira

Nascido na Paraíba, formado pela Faculdade de Direito do Recife. A estreia no jornalismo aconteceu aos quinze anos, na Gazeta do Norte, escrevendo para o Jornal Pequeno e para o veterano Diario de Pernambuco. Neste, enfrentou uma situação inusitada: teve que dormir na redação do jornal, chegando a pegar em armas, para se defender da multidão que se empoleirava à frente do jornal em protesto contra a vitória do candidato Francisco de Assis Rosa e Silva (proprietário do jornal). Em 1917, já no Rio de Janeiro, colaborou para o Correio da Manhã, em cujas páginas publicaria impressões da viagem à Europa que realizou em 1920.

Em 1924, assumiu a direção d’O Jornal – denominado “órgão líder dos Diários Associados” – e, no mesmo ano, consegue comprá-lo graças a recursos financeiros fornecidos por alguns “barões do café” liderados por Carlos Leôncio de Magalhães (Nhonhô Magalhães), e por Percival Farquhar, de quem Chateaubriand, alegadamente, teria recebido como honorários advocatícios. Substituiu artigos monótonos por reportagens instigantes e deu certo. A partir de então, começou a constituir um império jornalístico, ao qual foi agregando importantes jornais, como o Diário de Pernambuco, o jornal diário mais antigo da América Latina, e o Jornal do Commercio, o mais antigo do Rio de Janeiro. No ano seguinte, Chatô arrebatou o Diário da Noite, de São Paulo. À altura, já possuía os jornais líderes de mercado das principais capitais brasileiras.

A ascensão do império jornalístico de Assis Chateaubriand deve ser entendida no quadro das transformações políticas do Brasil durante as décadas de 1920 e 1930, quando o consenso político oligárquico e fechado da República Velha, centrado em torno da elite agrária de São Paulo, começou a ser contestado por elites burguesas emergentes da periferia do país; não é uma coincidência que Chateaubriand tenha apoiado o movimento revolucionário de 1930, que levou Getúlio Vargas ao poder, assim como, durante toda sua vida, tenha fanfarroneado a condição de provinciano que chegou ao centro do poder como uma espécie de bucaneiro político. A ética quase nunca constava da estratégia empresarial: chantageava as empresas que não anunciassem em seus veículos, publicava poesias dos maiores anunciantes nos diários e mentia descaradamente para agredir os inimigos. Farto de ver o nome na lista de insultos, o industrial Francisco Matarazzo ameaçou “resolver a questão à moda napolitana: pé no peito e navalha na garganta”. Chateaubriand devolveu: “Responderei com métodos paraibanos, usando a peixeira para cortar mais embaixo”. Foi também inimigo declarado de Rui Barbosa e de Rubem Braga. Apesar disso, Chatô teve relação cordiais (e sempre movidas a interesses econômicos) com muitas pessoas influentes: Francisco Matarazzo, Rodrigues Alves, Alexander Mackenzie (presidente do poderoso truste canadense de utilidades públicas São Paulo Tramway, Light and Power Company), o empresário americano Percival Farquhar e Getúlio Vargas.

Durante o Estado Novo, consegue de Getúlio Vargas a promulgação de um decreto que lhe dá direito à guarda de uma filha, após a separação da mulher. Nesse episódio, profere uma frase célebre: “Se a lei é contra mim, vamos ter que mudar a lei”. Em 1952, é eleito senador pela Paraíba e, em 1955, pelo Maranhão, em duas eleições escandalosamente fraudulentas.

Caracterizou-se, muito embora fosse um representante típico da burguesia nacional emergente da época, pelas posturas pró-capital estrangeiro e pró-imperialismo, primeiro o britânico, depois o americano: além de muito ligado aos interesses da City londrina (a escandalosa embaixada na Inglaterra, na década de 1950, foi a realização de um velho sonho pessoal), conta a anedota que ele teria uma vez dito que o Brasil, perante os EUA, estava na condição de uma “mulata sestrosa” que tinha de aceder às vontades dos seu gigolô. Era temido pelas campanhas jornalísticas que movia, como a em defesa do capital estrangeiro e contra a criação da Petrobrás.

Chateaubriand sempre buscou adquirir novas tecnologias para os Diários Associados. Foi assim com a máquina Multicolor, a mais moderna máquina rotativa da época, sendo o grupo de Chateaubriand o primeiro e único a possuir uma por longo tempo, na América Latina; foi assim também com os serviços fotográficos da Wide World Photo, que possibilitava a transmissão de fotos do exterior com uma rapidez muito maior do que possuía qualquer outro veículo nacional. O mesmo se deu com a publicidade: grandes contratos de exclusividade para lançamento de produtos com a General Electric e para o pó achocolatado Toddy, cujos anúncios estavam sempre nas paginas dos jornais e revistas. A orientação publicitária de Chateaubriand para seus veículos começou a funcionar tão bem que os jornais dos Diários Associados passaram a anunciar os mais diversos produtos e serviços, desde modess a cheques bancários, algo tido como inédito na década de 1930, no Brasil.

Publicou mais de 11870 artigos assinados nos jornais, dando oportunidades a escritores e artistas desconhecidos que depois virariam grandes nomes da literatura, do jornalismo e da pintura, como: Graça Aranha, Millôr Fernandes, Anita Malfatti, Di Cavalcanti, Cândido Portinarie outros.

Presidiu, entre 1941 e 1943, a Federação Nacional da Imprensa (FENAI – FAIBRA).

Com o tempo, Chateaubriand foi dando menos importância aos jornais e focando em novas empreitadas, como o rádio e a televisão. Pioneiro na transmissão de televisão brasileira, cria a TV Tupi, em 1950. Na década de 1960, os jornais atolavam-se em dívidas e trocavam as grandes reportagens por matérias pagas. Dois dos veículos de comunicação lançados no início da década de 1960 por Assis Chateaubriand, o jornal Correio Braziliense e a TV Brasília, foram fundados em 21 de abril, no mesmo dia da fundação de Brasília.

Trabalha até o final da vida, mesmo depois de uma trombose ocorrida em 1960, que o deixa paralisado e capaz de comunicar-se apenas por balbucios e por uma máquina de escrever adaptada. Em 1968, morria Chateaubriand, velado ao lado de duas pinturas dos grandes mestres: um cardeal de Ticiano e um nu de Renoir, simbolizando, segundo o protegido Pietro Maria Bardi, organizador do acervo do MASP (casado com Lina arquiteta do edifício), as três coisas que mais amou na vida: O poder, a arte e a mulher pelada. Morreu também com o império se esfacelando e com o surgimento do reinado de Roberto Marinho.

Foi um dos homens mais influentes do Brasil nas décadas de 1940 e de 1950 em vários campos da sociedade brasileira. Assis Chateaubriand criou e dirigiu a maior cadeia de imprensa do país, os Diários Associados: 34 jornais, 36 emissoras de rádio, 18 estações de televisão, uma agência de notícias, uma revista semanal (O Cruzeiro), uma mensal (A Cigarra), várias revistas infantis (iniciada com a publicação da revista em quadrinhos O Guri em 1940), e a editora O Cruzeiro[17].

Deixou os Diários Associados para um grupo de vinte e dois funcionários, atualmente liderados por Álvaro Teixeira da Costa. O Condomínio Acionário das Emissoras e Diários Associados é, conjuntamente, o terceiro maior grupo de comunicações do país. Tendo como carro chefe cinco jornais em grandes cidades do Brasil, líderes em suas respectivas praças (dos quinze que ainda restam).

Projetos culturais

Em 1941, promoveu a Campanha nacional da aviação, com o lema “Deem asas ao Brasil”, na qual foi criada a maioria dos atuais aeroclubes pelo interior do Brasil, juntamente com Joaquim Pedro Salgado Filho, então Ministro da Guerra do governo Vargas.[18] Com o suicídio de Getúlio Vargas, assume a cadeira 37 da Academia Brasileira de Letras.

Funda o Museu de Arte de São Paulo (MASP) em 1947, com uma coleção particular de pinturas de grandes mestres europeus que ele adquiriu a preços de ocasião na Europa empobrecida do pós-Segunda Guerra Mundial (em aquisições por vezes financiadas à base de chantagem de empresários brasileiros), coleção esta que o presidente Juscelino Kubitschek havia tido o bom senso de, durante seu governo, colocar sob a gestão de uma fundação, em troca de auxílio governamental ao pagamento de parte da astronômica dívida do Condomínio Associado.

Em 10 de agosto de 1967, Assis Chateaubriand entregou ao reitor da Fundação Universidade Regional do Nordeste (hoje Universidade Estadual da Paraíba – UEPB), Edvaldo de Souza do Ó, o primeiro acervo do Museu Regional de Campina Grande, localizado em Campina Grande, Paraíba. O acervo foi chamado de “Coleção Assis Chateaubriand”, com cento e vinte peças. A partir de então, o museu passou a ser chamado de “Museu de Artes Assis Chateaubriand“.

Morte

Em fevereiro de 1960 Assis Chateaubriand foi acometido de uma trombose. Morreu em 4 de abril de 1968, em São Paulo, depois da pertinaz doença, a que ele resistiu por longos anos, continuando, mesmo paraplégico e impossibilitado de falar, a escrever seus artigos. Foi velado ao lado de duas pinturas dos grandes mestres: um cardeal de Ticiano[19] e um nu de Renoir , simbolizando, segundo seu protegido, o arquiteto italiano e organizador do acervo do MASP Pietro Maria Bardi, as três coisas que mais amou na vida: O poder, a arte e a mulher pelada.[20]Seu cortejo fúnebre reuniu mais de 60 mil pessoas pelas ruas de São Paulo.[21] Está sepultado no Cemitério do Araçá.

Representações na cultura

Assis Chateaubriand já foi retratado como personagem no cinema e na televisão, interpretado por Luiz Ramalho no filme “Chateaubriand, Cabeça de Paraíba”(2000) e por Antonio Calloni em trecho da minissérie “Um Só Coração” (2004).

Filmes

Chatô, o Rei do Brasil

Guilherme Fontes adquiriu os direitos de adaptação para o cinema do livro Chatô, o Rei do Brasil, de Fernando Morais. O projeto começou a ser produzido em 1995, foi interrompido em 1999. O filme Chatô, o Rei do Brasil, lançado em 2015, tem Marco Ricca no papel de Chateaubriand. Em 2006, Fontes foi condenado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) a devolver 15 milhões de reais pela não-entrega da série de 36 documentários 500 Anos de História do Brasil. O tribunal julgou irregulares as contas da Guilherme Fontes Filmes Ltda. Embora treze episódios tenham sido produzidos e até mesmo exibidos no canal a cabo GNT, a série, um subproduto do projeto Chatô, não havia sido concluída.

Chateaubriand – Cabeça de Paraíba

Marcos Manhães Marins escreveu, dirigiu e concluiu o filme Chateaubriand – Cabeça de Paraíba, em 2000, tendo sido selecionado para quinze festivais e mostras no Brasil e no exterior, sendo uma na Bélgica e outra na França. Foi exibido na TVE e na TV Cultura, na TV Senado, Canal Brasil, TV O Norte na Paraíba, entre outras.

Enredos de escola de samba

No carnaval de 1999, o Acadêmicos do Grande Rio homenageou com o enredo Ei, ei, ei, Chateau é o nosso rei! obtendo o 6.º lugar entre as escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro. A Inocentes de Belford Roxo também homenageou com o enredo Chatô – a fanfarra do homem sério mais engraçado do Brasil, terminando em 2.º lugar entre as escolas de samba do Grupo de Acesso B, quase perto de subir para o Grupo de Acesso A.

Academia Brasileira de Letras

Foi o quarto ocupante da cadeira 37, eleito em 30 de dezembro de 1954, na sucessão de Getúlio Vargas, recebido pelo acadêmico Aníbal Freire da Fonseca em 27 de agosto de 1955.

CITAÇÃO

Assis Chateaubriand ― Ordem ao Presidente

“Diga ao presidente para não vir com conversa. Para dar ordens dentro dos Associados (conglomerado de mídia), tem de assumir nossa folha de pagamento.”

Assis Chateaubriand/ Fonte: Kd Frases

Assis Chateaubriand

Chatô

Francisco de Assis Chateaubriand Bandeira de Mello

(Umbuzeiro, 4 de outubro de 1892São Paulo, 4 de abril de 1968)

125 Anos

4 ▒ ACONTECIMENTOS


Cidade de Bruxelas, capital da Bélgica.

1830 – A Bélgica declara independência do Reino Unido dos Países Baixos.


1942 – O Cruzeiro é instituído por Getúlio Vargas como a moeda oficial do Brasil.


1957 – É lançado ao espaço, o primeiro Satélite artificial, o Sputnik 1.

Cidade de Maseru, capital da Lesoto.

1966 – Independência do Lesoto.


1970Emerson Fittipaldi, correndo pela Lotus, vence sua primeira corrida como piloto de Fórmula 1, no circuito de Watkins Glen, nos Estados Unidos. Foi a primeira vitória brasileira na categoria.


Cidade de Maputo, capital da Moçambique.

1992 – Assinado em Roma o Acordo Geral de Paz, entre o governo de Moçambique e a RENAMO, que pôs fim a 16 anos de guerra.


4 de Outubro – 1970 – Emerson Fittipaldi, correndo pela Lotus, vence sua primeira corrida como piloto de Fórmula 1 – a primeira vitória brasileira.

5 ▒ FALECIMENTOS

1582Teresa de Ávila ▒ Teresa de Ávila, O.C.D., conhecida como Santa Teresa de Jesus (28 de março de 15154 de outubro de 1582),[5] nascida Teresa Sánchez de Cepeda y Ahumada, foi uma freira carmelita, mística e santa católica do século XVI, importante por suas obras sobre a vida contemplativa através da oração mental e por sua atuação durante a Contra Reforma. Foi também uma das reformadoras da Ordem Carmelita e é considerada co-fundadora da Ordem dos Carmelitas Descalços, juntamente com São João da Cruz.


1669Rembrandt ▒ Rembrandt Harmenszoon van Rijn (Leida, 15 de julho de 1606Amsterdam, 4 de outubro de 1669) foi um pintor e gravador holandês. É geralmente considerado um dos maiores nomes da história da arte europeia e o mais importante da história holandesa.[1] É considerado, por alguns, como o maior pintor de todos os tempos.[2][3] As suas contribuições à arte surgiram em um período denominado pelos historiadores de “Século de Ouro dos Países Baixos“, no qual a influência política, a ciência, o comércio e a cultura holandesa — particularmente a pintura — atingiram seu ápice.


1947Max Planck ▒ Max Karl Ernst Ludwig Planck (Kiel, 23 de abril de 1858Göttingen, 4 de outubro de 1947)[2]foi um físico alemão. É considerado o pai da física quântica[3] e um dos físicos mais importantes do século XX. Planck foi laureado com o Nobel de Física de 1918, por suas contribuições na área da física quântica.


1970Janis Joplin ▒ Janis Lyn Joplin (Port Arthur, 19 de janeiro de 1943Los Angeles, 4 de outubro de 1970) foi uma cantora e compositora norte- americana. Considerada a “Rainha do Rock and Roll“,[1][2] “a maior cantora de rock dos anos 1960[3] e “a maior cantora de blues e soul da sua geração”.

1982Glenn Gould ▒ Glenn Herbert Gould (25 de setembro de 1932; 4 de outubro de 1982) foi um genial e renomado pianista canadense, conhecido especialmente por suas gravações de Johann Sebastian Bach. Suas gravações das Variações Goldberg são consideradas um marco na música ocidental do século XX. Gould abandonou as apresentações ao vivo em 1964, dedicando-se, desde então, apenas às gravações em estúdio, pelo resto de sua carreira.


2009Mercedes Sosa ▒ Mercedes Sosa (San Miguel de Tucumán, 9 de julho de 1935Buenos Aires, 4 de outubro de 2009) foi uma cantora argentina, uma das mais famosas na América Latina. A sua música tem raízes na música folclórica argentina.

Ela se tornou uma das expoentes do movimento conhecido como Nueva canción. Apelidada de La Negra pelos fãs, devido à ascendência ameríndia, ficou conhecida como a voz dos “sem voz”.


2010Seu Nenê ▒ Alberto Alves da Silva, também conhecido como Seu Nenê (Santos Dumont, 24 de julho de 1921São Paulo, 4 de outubro de 2010) foi um sambista paulistano, fundador e ex-presidente da escola de samba Nenê de Vila Matilde. Sambista de raiz, era conhecido por seu característico chapéu e seu forte sotaque paulistano.


2014Hugo Carvana ▒ Hugo Carvana de Hollanda (Rio de Janeiro, 4 de junho de 1937Rio de Janeiro, 4 de outubro de 2014) foi um ator e diretor de cinema e televisão brasileiro. O ator tornou-se conhecido do grande público na televisão interpretando personagens notáveis, como o jornalista do seriado Plantão de Polícia, “Valdomiro Pena”, nos anos 80. Hugo Carvana trabalhou em mais de cem filmes. Em 1962, fez parte do movimento do Cinema Novo. Além disso, atuou também no Teatro de Arena de São Paulo, no Teatro Nacional de Comédia e no Grupo Opinião.

6 ▒ FERIADOS e EVENTOS CÍCLICOS

Mundial

Lesoto

Mitologia

Moçambique

7 ▒ TRAGÉDIAS da HUMANIDADE

2001 – Tupolev Tu-154 operando como Siberia Airlines (RA-85693) em rota de Tel Aviv para Novosibirsk caiu no Mar Negro depois de ser atingido por um míssil S-200 Angara. Todas as 78 pessoas a bordo morreram.

8 ▒ CIDADES ANIVERSARIANTES

Dados do IBGE

Aratiba (RS)

Campina do Simão (PR)

Carmo do Paranaíba (MG)

Catingueira (PB)

Cedro de São João (SE)

Cerro Largo (RS)

Curuçá (PA)

Engenheiro Paulo de Frontin (RJ)

Frutal (MG)

Guapé (MG)

Igaci (AL)

Itapecerica (MG)

Monte Azul (MG)

Rinópolis (SP)

Salgado (SE)

Salinas (MG)

Tamboril (CE)

Zé Doca (MA)

Frutal (MG)

130 Anos

4 de outubro de 1887

facebook.com/prefeituradefrutal

#Frutal130   •   #aniversáriodeFrutal

frutal.mg.gov.br

Frutal é um município brasileiro do interior do estado de Minas GeraisRegião Sudeste do país.

Sua população, segundo a estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2015, é de 57 795 habitantes.

Localiza-se na microrregião de mesmo nome. A cidade é grande produtora de abacaxicana, grãos, além de ser um dos polos em educação do estado.

Considerada uma cidade média pequena.

Sua área total é de 2.426,966 km² e a densidade demográfica é de 22,03 hab/km².

4 de Outubro – Igreja Matriz — Frutal (MG) — 130 Anos em 2017.

História

O nome Frutal é derivado de sua história devido ao tempo de sua fundação, ter riachos cheios de jabuticabas (frutas).

Daí a origem de seu nome “Frutal”.[8]

4 de Outubro – Parque Municipal dos Lagos — Frutal (MG) — 130 Anos em 2017.

Cidade das Águas

Está sendo construído um condomínio temático que agrupa várias instituições estaduais, federais e internacionais com foco em pesquisa, educação e capacitação em águas.

Da Cidade das Águas já está em funcionamento a Fundação UNESCO-HidroEX que é um organismo internacional com participação do Governo de Minas, Governo Federal e a chancela da UNESCO.

campus da UEMG-Universidade do Estado de Minas Gerais também já está instalado na cidade das águas.

4 de Outubro – Um ‘flash mob’ organizado por jovens — Frutal (MG) — 130 Anos em 2017.

Limites

Hidrografia

4 de Outubro – Vista panorâmica da Igreja de Nossa Senhora do Carmo — Frutal (MG) — 130 Anos em 2017.

Relevo e topografia

  • Altitude média: 516 m
  • Altitude máxima: 708 m – local: Serra do Sertãozinho
  • Altitude mínima: 390 m – local: Foz do Ribeirão São Mateus
  • Plano: 50%
  • Ondulado: 50%

Clima

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) entre 1961 e 2013, a temperatura mínima registrada em Frutal foi de 1,4 ºC, ocorrida no dia 21 de agosto de 1965,[9] enquanto que a máxima foi de 41,3 ºC, observada dia 30 de outubro de 2012.[10] O maior acumulado de chuvaregistrado na cidade em 24 horas foi de 142,6 mm, em 7 de fevereiro de 2013,[11] e o menor índice de umidade relativa do ar (URA) foi de 11%, em 6 de setembro de 2011.[12]

4 de Outubro – Calçadão da praça Rui Barbosa – Comércio — Frutal (MG) — 130 Anos em 2017.

Economia

A base econômica é a agropecuária e a cana-de-açúcar. Também se destaca na produção de abacaxi (terceira maior produtora do país), grãos (em especial soja e milho) e na pecuária leiteira.

Ensino superior

O município de Frutal apresenta as seguintes instituições universitárias:

UEMGUniversidade do Estado de Minas Gerais com os cursos:

FAF: Faculdade Frutal com os cursos:

ITECON: Instituto de Educação Continuada:

  • Complementação de Créditos em Filosofia;
  • Complementação de Créditos em Ensino Religioso.

4 de Outubro – Rodoviária — Frutal (MG) — 130 Anos em 2017.

9 ▒ GALERIA de FOTOS

10 ▒ CRÉDITOS

Datas, fatos e os nascimentos mais importantes no Brasil e no Mundo, em todos os dias do ano, ilustrado com fotos e curiosidades.

SITE ► acontecimentosdodia.com

FONTE PRINCIPAL ► WIKIWAND

OUTRAS FONTES de PESQUISA:

Cidades IBGEFilmowAdoro CinemaBIO (facebook)GShowAniv.DiaAniv.FamososHistoryHistory (facebook)

Paul Sampaio, perfil, 1  Paul Sampaio – Autor

PESQUISA e REALIZAÇÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s