A primavera é a estação do ano que se segue ao Inverno e precede o Verão.

É tipicamente associada ao reflorescimento da flora terrestre.

A Primavera do hemisfério norte é chamada de “Primavera boreal” e a do hemisfério sul é chamada de “Primavera austral”. A “Primavera boreal”, no Hemisfério Norte, tem início na data 20 de Março e termina em 21 de junho.

A “Primavera austral”, no Hemisfério Sul, tem início na data 22 de setembro e termina a 21 de dezembro.


GALERIA de VÍDEOS

Astronomia

Do ponto de vista da Astronomia, a primavera do hemisfério sul inicia-se no equinócio de Setembro e termina no solstício de Dezembro, no caso do hemisfério norte inicia-se no equinócio de Março e termina no solstício de Junho.

Como se constata, em uma data equinocial o dia e a noite têm a mesma duração na linha do equador.

A cada dia que passa, o dia aumenta e a noite vai encurtando um pouco, aumentando, assim, a insolação do hemisfério respectivo.

Estas divisões das estações por equinócios e solstícios poderão ser fonte de equívocos, mas deve-se levar em conta a influência dos oceanos na temperatura média das estações.

Na Primavera do hemisfério sul, os oceanos meridionais ainda estão frios e vão aos poucos aquecendo, fazendo a Primavera ter temperaturas amenas ao longo desta estação.

Mas na do hemisfério norte, por ser maior a parte continental, as temperaturas costumam aumentar mais rapidamente.

Fonte: Wikiwand

Primavera 2017

Começa hoje, dia 22 de setembro, às 17h02

Fonte: Jornal do Brasil

A Primavera desse ano começa no dia 22 de setembro, sexta-feira, às 17h02 (horário de Brasília).

Neste dia ocorre o segundo equinócio do ano: quando o dia e a noite tem a mesma duração. As estações do ano são fenômenos naturais e ocorrem por causa da inclinação do eixo da Terra em relação ao plano de sua órbita em torno do Sol.

O instante exato do início de uma estação do ano é determinado por uma posição específica da Terra em sua órbita, como explica a pesquisadora Josina Nascimento, da Coordenação Pesquisa em Astronomia e Astrofísica do Observatório Nacional.

“Em astronomia, nós estudamos o movimento dos astros tendo a Terra como referencial. Nesse referencial, nós construímos a esfera celeste, cujo equador é uma continuação do equador terrestre. Assim, o Sol faz um caminho na esfera celeste ao qual chamamos de eclíptica. Nessa perspectiva, quando o Sol chega à linha do equador celeste, indo de norte para sul na esfera celeste, é equinócio de Primavera no Hemisfério Sul e de outono no Hemisfério Norte.”

A maneira como os raios solares incidem nos hemisférios marca as estações do ano e, além da temperatura, um dos efeitos que evidencia as estações é a variação dos comprimentos dos dias, ou seja, a quantidade de tempo que o Sol fica acima do horizonte.

Esse efeito praticamente não existe nas regiões próximas do equador terrestre e é cada vez mais evidente quanto mais nos afastamos do equador terrestre.

Agora, no início da Primavera, os dias terão o mesmo comprimento das noites e no hemisfério sul, os dias vão ficando cada vez maiores e as noites cada vez menores.

Isso, até o maior dia do ano que ocorre no início do Verão, sendo neste ano no dia 21 de dezembro às 13h28, hora de Brasília.


GALERIA de FOTOS

Escrito por Paul Sampaio

PAUL SAMPAIO CHEDIAK ALVES é professor, locutor, apresentador de rádio e TV, web designer e diretor fundador da REDE SAMPAIO de Televisão e Sites.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s