5 de Junho – Erasmo Carlos e Taguatinga (TO) – 2017

☺ CAPA • Erasmo Carlos 76 Anos

▒ CIDADE • Taguatinga (DF) 59 Anos

▒ NASCIMENTOS • Adam Smith • Cláudio Manuel da Costa • Pancho Villa • John Maynard Keynes • Federico García Lorca • Zuzu Angel • Ivon Curi • Wanderléa • Laurie Anderson • Watusi • Kenny G • Alexandra Richter • Sandra Annenberg • Mark Wahlberg

▒ FALECIMENTOS • György Lukács • Lilian Lemmertz • João Nogueira • Dee Dee Ramone

1 ▒ POSTER e VÍDEOS

GALERIA de VÍDEOS
Principais Vídeos da WEB publicados no Acontecimentos do Dia e outras WEB TVs da Rede Sampaio

2 ▒ NASCIMENTOS

1723Adam Smith ▒ Adam Smith ( Kirkcaldy, 5 de junho de 1723 — Edimburgo, 17 de Julho de 1790) foi um filósofo e economista britânico nascido na Escócia. Teve como cenário para a sua vida o atribulado século das Luzes, o século XVIII. É o pai da economia moderna, e é considerado o mais importante teórico do liberalismo econômico.


1729Cláudio Manuel da Costa ▒ Cláudio Manuel da Costa (Vila do Ribeirão do Carmo, Minas Gerais, 5 de junho de 1729 — Vila Rica, Minas Gerais, 4 de julho de 1789) foi um advogado, minerador e poeta português do Brasil Colônia. Destacou-se pela sua obra poética e pelo seu envolvimento na Inconfidência Mineira.


1878Pancho Villa ▒ Pancho Villa (San Juan del Río, Durango, 5 de junho de 1878 — Parral, Chihuahua, 23 de julho de 1923), pseudônimo de José Doroteo Arango, foi um dos mais conhecidos generais e comandantes da Revolução Mexicana.


1883John Maynard Keynes ▒ John Maynard Keynes (Cambridge, 5 de junho de 1883 — Tilton, East Sussex, 21 de abril de 1946), foi um economista britânico cujas ideias mudaram fundamentalmente a teoria e prática da macroeconomia, bem como as políticas econômicas instituídas pelos governos. Ele fundamentou suas teorias em trabalhos anteriores que analisavam as causas dos ciclos econômicos, refinando-as enormemente e tornando-se amplamente reconhecido como um dos economistas mais influentes do século XX e o fundador da macroeconomia moderna.


1898Federico García Lorca ▒ Federico García Lorca (Fuente Vaqueros, 5 de junho de 1898 — Granada, 18 de agosto de 1936) foi um poeta e dramaturgo espanhol, e uma das primeiras vítimas da Guerra Civil Espanhola.


1921Zuzu Angel ▒ Zuleika Angel Jones, nascida Zuleika de Souza Netto e conhecida como Zuzu Angel, (Curvelo, 5 de junho de 1921 — Rio de Janeiro, 14 de abril de 1976) foi uma estilista brasileira, mãe do militante político Stuart Angel Jones e da jornalista Hildegard Angel. Personagem notória do Brasil da época da ditadura militar, ficou conhecida por sua procura pelo filho, militante, assassinado pelo governo.


1928Ivon Curi ▒ Ivo José Curi, conhecido como Ivon Curi, (Caxambu, 5 de junho de 1928 — Rio de Janeiro, 24 de junho de 1995) foi um cantor, compositor e ator brasileiro. Seu último personagem em televisão foi o gaúcho Gaudêncio da Escolinha do Professor Raimundo.

1946Wanderléa ▒ Wanderléa Charlup Boere Salim (Governador Valadares, 5 de junho de 1946) é uma cantora brasileira. Tornou-se famosa durante a Jovem Guarda, fazendo sucesso juntamente com seus amigos Roberto Carlos e Erasmo Carlos.


1947Laurie Anderson ▒ Laurie Anderson (Glen Ellyn, 5 de junho de 1947) é uma artista experimental norte-americana, conhecida por suas performances multimédias e por numerosos álbuns musicais que realizou. Em 1981, grava o EP “O Superman” em edição limitada sob o selo One Ten Records[2]. O disco se torna um sucesso, chegando a segunda posição nas paradas inglesas.


1952Watusi ▒ Watusi, nome artístico de Maria Alice Conceição, é uma atriz e cantora brasileira. Nasceu em Caramujo, Niterói. Descoberta pelo produtor Abrahão Medina, da TV Globo, em 1969, não demorou muito para que Watusi despontasse no meio artístico. De 1978 a 1982, ela foi a principal estrela do Moulin Rouge, em Paris. Considerada a vedete mais bem paga da Europa.


1956Kenny G ▒ Kenneth Bruce Gorelick (Seattle, 5 de junho de 1956), mais conhecido pelo nome artístico de Kenny G, é um saxofonista estadunidense. Seu primeiro álbum de sucesso, Duotones (1986), atingiu o top 10 nos Estados Unidos, e mostrou um som instrumental com fortes pitadas de Rhythm and blues moderno e melodias românticas.


1967Alexandra Richter ▒ Alexandra Richter (Rio de Janeiro, 5 de junho de 1967) é uma atriz e humorista brasileira. Teve sua estreia na televisão em 1996 no programa humorístico Chico Total.


1968Sandra Annenberg ▒ Sandra Annenberg Paglia (São Paulo, 5 de junho de 1968), mais conhecida como Sandra Annenberg, é uma jornalista e ex-atriz brasileira.

É a apresentadora do programa Como Será? e atual âncora do Jornal Hoje[1], ao lado de Evaristo Costa, telejornal exibido de segunda a sábado pela Rede Globo.


1971Mark Wahlberg ▒ Mark Robert Michael Wahlberg (Boston, 5 de junho de 1971) é um ator, rapper e produtor de cinema e televisão estadunidense. Conhecido no início de sua carreira como Marky Mark, ficou famoso como músico de rap em sua estreia de 1991 com a banda Marky Mark and the Funky Bunch. Atuou no filme Os Infiltrados, juntamente com Leonardo diCaprio, e em outros como Ted, Contrabando, Uma Saída de Mestre, Shooter e Two Guns.

3 ▒ CAPA do DIA

Erasmo Carlos

76 Anos

Erasmo Esteves (Rio de Janeiro, 5 de junho de 1941) [2], mais conhecido como Erasmo Carlos, OMC, é um cantor, compositor, músico multi-instrumentista e escritor brasileiro, famoso por suas parcerias com o cantor Roberto Carlos.

Biografia

Anos 50 e 60

Nasceu no bairro da Tijuca na Zona Norte do Rio de Janeiro, sua mãe saiu da Bahia grávida de um homem que não quis assumir a paternidade.

Erasmo só veio a conhecer seu pai aos 23 anos de idade.[4]

Erasmo Carlos, Tim Maia e Roberto Carlos.

Erasmo conhecia Sebastião Rodrigues Maia (que mais tarde seria conhecido como Tim Maia) desde a infância, entretanto a amizade só viria na adolescência por conta da febre do Rock and Roll.

Em 1957 Tim Maia montou a banda The Sputniks, sendo os membros da banda Tim, Arlênio Lívio, Wellington Oliveira e Roberto Carlos.

Após uma briga entre Tim e Roberto, o grupo foi desfeito, Wellington desistiu da carreira musical, o único remanescente era Arlênio que no ano seguinte resolveu chamar Erasmo e outros amigos da Tijuca, Edson Trindade (que tocou violão no grupo Tijucanos do Ritmo, onde Tim Maia tocava bateria) e José Roberto, conhecido como “China” para formarem o grupo vocal “The Boys of Rock”.

Erasmo Carlos (à direita) com Tim Maia.

Por sugestão de Carlos Imperial o grupo passou a se chamar The Snakes, o grupo acompanhava tanto Roberto quanto Tim Maia em seus respectivos shows.

Erasmo foi apresentado a Roberto por Arlênio Lívio, Roberto precisava da letra da canção Hound Dog, sucesso na voz de Elvis Presley, então Arlênio disse que Erasmo seria a pessoa que possuiria tal letra, pois este era um grande fã de Elvis, Roberto descobriu outras afinidades com Erasmo, além de Elvis, ambos gostavam de Bob Nelson, James Dean, Marlon Brando, Marilyn Monroe, e torciam para o Vasco da Gama.

Quando fazia parte do The Snakes, Tim Maia ensinou Erasmo a tocar violão.

O The Snakes chegou a acompanhar, o cantor Cauby Peixoto em sua inusitada passagem pelo rock, na gravação de “Rock and Roll em Copacabana” de 1957 e no filme “Minha Sogra é da Polícia” (1958), onde o cantor interpreta a canção “That’s Rock” composta por Imperial[5].

Nos tempos da juventude também conheceu, Jorge Ben Jor[6], na época conhecido como Babulina e Wilson Simonal, que também foi agenciado por Carlos Imperial.

Erasmo resolveu adotar o nome Carlos no nome artístico em homenagem ao Roberto Carlos e a Carlos Imperial e com esse nome lançou o compacto que seria de grande sucesso com a música O Terror dos Namorados com a novidade do Órgão Hammond de Lafayette que também era seu amigo e da Turma do Bar Divino na Tijuca.

Com a chegada da Bossa nova, Erasmo também se deixou influenciar pelo gênero, Roberto chegou a se tornar crooner cantando Bossa nova, bastante influenciado por João Gilberto.

Antes de seguir carreira solo, Erasmo fez parte da banda Renato e Seus Blue Caps.

Erasmo Carlos com Wanderléa e Roberto Carlos.

Participou efetivamente junto com Roberto Carlos e com Wanderléa do programa Jovem Guarda onde tinha o apelido de Tremendão, imitando as roupas e o estilo de seu ídolo Elvis Presley.

Seus maiores sucessos como cantor nessa fase foram “Gatinha Manhosa” e “Festa de Arromba“.

Em 1966 Erasmo, Eduardo Araújo e Carlos Imperial foram acusados de corrupção de menores, contudo ele e os demais foram inocentados.

Com o término do programa, entrou em crise, mas conseguiu se recuperar com a ajuda de seu parceiro Roberto Carlos e de sua esposa, Narinha.

Nessa fase de transição fez sucesso cantando “Sentado à Beira do Caminho” e “Coqueiro Verde”, Roberto e Erasmo eram criticados por cantar e compor Rock e de serem americanizados, Coqueiro Verde foi o primeiro samba-rock gravado por Erasmo.

Chegou a dividir uma apartamento com Jorge Ben Jor, apontado com um dos criadores do estilo[7], no Bairro do Brooklin em São Paulo.

O disco Erasmo Carlos e os Tremendões já é um trabalho transitório na carreira do artista. O LP, de 1969, traz interpretações muito peculiares de canções de compositores da MPB, como “Saudosismo”, de Caetano Veloso e “Aquarela do Brasil“, de Ary Barroso (lançada no filme Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-rosa em que Erasmo atua com Roberto e Wanderléa) e “Teletema” (canção originalmente interpretada por Regininha, sucesso por ter sido tema da novela Véu de Noiva, da Rede Globo), de Antônio Adolfo e Tibério Gaspar, além da primeira gravação de “Sentado à Beira do Caminho”.

Erasmo Carlos com Marília Gabriela.

Anos 70

Na década de 1970, Erasmo assina com a Polydor.

A primeira metade da década mostra o Tremendão num estilo bem diferente da Jovem Guarda. Influenciado pela cultura hippie e pelo soul, lança Carlos, Erasmo em 1971.

O disco, que abre com “De Noite na Cama”, escrita por Caetano Veloso especialmente para ele, traz um polêmica ode à maconha.

O existencialismo prossegue em seus outros LPs dos anos 70: Sonhos e Memórias, Projeto Salva Terra e Banda dos Contentes. “Sou uma Criança, Não Entendo Nada”, “Cachaça Mecânica” e “Filho Único” são algumas canções de destaque no período. Pelas Esquinas de Ipanema, seu LP de 1978, inclui uma impactante canção que denuncia o descaso do homem com a ecologia: “Panorama Ecológico”.

Participou dos filmes Roberto Carlos a 300 Quilômetros por Hora (1971), de Roberto Farias; e Os Machões (1972), dirigido por Reginaldo Faria, que também atuou no filme. Em 1975 aparece em show ao vivo no documentário Ritmo Alucinante, registro do festival de rock Hollywood Rockrealizado no mesmo ano, no Rio de Janeiro.

Anos 80

Erasmo Carlos começa os anos 80 com um projeto ambicioso. Erasmo Convida é um pioneiro projeto no Brasil.

Foram 12 canções interpretadas em dueto com artistas como Nara Leão, Maria Bethânia, Gal Costa, Wanderléa, A Cor do Som, As Frenéticas, Gilberto Gil, Rita Lee, Tim Maia, Jorge Ben e Caetano Veloso.

A faixa de abertura do álbum foi a que teve maior destaque nas rádios: a regravação de “Sentado à Beira do Caminho”, com a participação do parceiro Roberto Carlos nos vocais.

Erasmo Carlos e Lulu Santos, em 1984.

No ano seguinte, o LP Mulher tem uma grande repercussão com as canções “Mulher (Sexo Frágil)” (escrita com sua mulher, Narinha), “Pega na Mentira” e “Feminino Coração de Deus” (de Sérgio Sampaio).

Erasmo com sua esposa, Narinha.

O sucesso na mídia, que continuou com Amar Pra Viver ou Morrer de Amor (1982), trouxe uma cobrança para Erasmo: assim como o parceiro Roberto Carlos (no auge do sucesso), ele deveria lançar um trabalho inédito todos os anos.

“Lentinha, para tocar no rádio”, como disse o cantor ao relembrar seus discos na época.

Erasmo em entrevista para o UOL.

Embora seja a década com mais lançamentos de trabalhos novos, Erasmo tem algumas ressalvas sobre os seus discos a partir da segunda metade da década – Buraco Negro (1984), Erasmo Carlos (1985), Abra Seus Olhos (1986) e Apesar do Tempo Claro… (1988). O disco de 1988 seria seu último na Polydor (selo da Polygram, hoje Universal Music).

Valendo-se ainda do filão engajado da pós-ditadura, cantou, ainda que numa participação especial diminuta, no coro da versão brasileira de “We Are the World“, o hit americano que juntou vozes e levantou fundos para a África, ou USA for Africa.

O projeto Nordeste Já (1985), abraçou a causa da seca nordestina, unindo 155 vozes num compacto, de criação coletiva, com as canções “Chega de Mágoa” e “Seca d’Água”. Elogiado pela competência das interpretações individuais, foi, no entanto, criticado pela incapacidade de harmonizar as vozes e o enquadramento de cada uma delas no coro.

Em 1989, ele ainda faria o álbum ao vivo Sou uma Criança, com participações de Leo Jaime e dos grupos Kid Abelha e João Penca e Seus Miquinhos Amestrados e lançados pela pequena gravadora SBK.

Anos 90

Nos anos 90, o trabalho de Erasmo apareceu de forma bissexta na canção. Além de sempre assinar com Roberto Carlos as canções feitas para seus discos anuais, ele lançou dois discos. Homem de Rua, lançado pela Sony Music em 1992, chegou a ter repercussão com a faixa-título, que fez parte da trilha da telenovela De Corpo e Alma, mas a canção era tema do personagem Bira de Guilherme de Pádua, que, ao lado da esposa Paula Thomaz, assassinou a atriz Daniella Perez, filha da autora da novela Glória Perez.

Por conta desse acontecimento, Erasmo em respeito a atriz, nunca mais cantou essa música. Outra gravação de destaque foi “A Carta”, na qual Erasmo cantou com Renato Russo.

Em 1995, ele voltou a ter destaque nas comemorações dos trinta anos da Jovem Guarda, que rendeu discos e shows. No ano seguinte, Erasmo gravou o álbum É Preciso Saber Viver, com regravações de canções de seu repertório.

O destaque foi para “Do Fundo do Meu Coração”, dueto com Adriana Calcanhotto.

Em 26 de dezembro de 1995, sua ex-esposa Sandra Sayonara Saião Lobato Esteves, a Narinha morreu de parada cardiorrespiratória, aos 49 anos, depois de ingerir cianeto.

Narinha tinha uma ponte de safena e havia tentado o suicídio duas vezes.

A primeira, com um tiro, e outra, ao ingerir uma alta dose de tranquilizantes.

Narinha era paisagista e morava sozinha num apartamento em São Conrado, no Rio de Janeiro. O casal estava divorciado havia quatro anos, depois de um casamento de treze.[8]

Século XXI

Somente em 2001 Erasmo voltaria a lançar um disco novo. Pra Falar de Amor traz interpretações dele para canções apenas suas, além de canções de Kiko Zambianchi e Marcelo Camelo. O destaque é “Mais um na Multidão”, dueto com Marisa Monte e de autoria de Erasmo Carlos, Marisa Monte e Carlinhos Brown. No ano seguinte, ele lançou seu primeiro DVD ao vivo, além de um CD duplo.

No início de 2004, ele lançou seu trabalho mais autoral: Santa Música, com doze canções de autoria apenas de Erasmo Carlos. Além da faixa-título, destaca-se a faixa “Tim”, feita em homenagem a Tim Maia. Em 5 de fevereiro de 2004, sua mãe Maria Diva Esteves faleceu aos 83 anos devido a complicações de diabetes e isquemia.[9]

Em 2007, Erasmo novamente lançou um disco no qual recebe convidados. Erasmo Convida, Volume II apresenta novos encontros musicais em que Erasmo interpreta parcerias dele com Roberto. Adriana Calcanhotto, Lulu Santos, Simone, Marisa Monte, Milton Nascimento e as bandas Skank e Los Hermanos estão entre os convidados. A faixa de maior destaque nas rádios é “Olha”, cantada com Chico Buarque, e tema da novela das 21 horas, Paraíso Tropical, da Rede Globo.

Também em 2007, Erasmo compôs a faixa de abertura de Só Nós, o segundo disco-solo da vocalista do Kid Abelha, Paula Toller.

No dia 5 de junho de 2009, no dia em que completou 68 anos, Erasmo lançou, pela sua gravadora Coqueiro Verde, o CD Rock ‘n’ Roll, uma homenagem ao gênero que mais o influenciou, com 12 composições próprias, sendo 7 em parceria: Nando Reis (em “Um beijo é um tiro” e “Mar vermelho”), Nelson Motta (em “Chuva ácida” e “Noturno Carioca”), Chico Amaral (em “Noite perfeita” e “A guitarra é uma mulher”), e Liminha e Patrícia Travassos (em “Celebridade”). Destaque também para “Olhar de mangá”, na qual Erasmo cita nomes de 52 personalidades femininas (reais ou fictícias), a canção é inspirada nas expressões faciais usada no quadrinhos japoneses (os chamados mangás)[10]. No mesmo ano, publicou a autobiografia “Minha Fama de Mau” publicada pela Editora Objetiva.[11]

Em 2010, Erasmo compôs em parceira com Eduardo Lages e Paulo Sérgio Valle um samba enredo para a GRES Beija-Flor, que anunciou um enredo sobre Roberto Carlos para 2011[12], porém, o samba composto por Erasmo não passou nas eliminatórias[13], a canção escolhida foi “A Simplicidade de um Rei”, que tem como um dos co- autores, JR Beija-Flor, filho do intérprete da Escola, Neguinho da Beija-Flor[14]

Erasmo lançou um novo disco intitulado Sexo em agosto de 2011. Em 2013 a faixa “Além do Horizonte” foi tema da novela homônima das 19 horas, também da Rede Globo. Em 2014, é lançado Gigante Gentil, seu terceiro disco consecutivo só com músicas inéditas.[15] O disco venceu o Grammy Latino de Melhor Álbum de Rock Brasileiro. [16]

Erasmo tem quatro filhos: Alexandre Pessoal, Leonardo Esteves, Gil Eduardo Esteves, Alexandre Esteves

Em 14 de maio de 2014, seu filho Alexandre Pessoal, também cantor e compositor, morreu aos 40 anos de idade, vítima de morte cerebral causada por um acidente de moto em 7 de maio.

Ficou em coma induzido, porém não resistiu ao tratamento e faleceu. [17][18]

Em março de 2015, o deputado federal Tiririca foi condenado a pagar uma indenização a Erasmo e Roberto Carlos por parodiar a música O Portão nas eleições de 2014.[19]

Em junho do mesmo ano, Erasmo lançou o DVD Meus Lados B, só com músicas “lado B” de seu repertório.[20]

Discografia

Estúdio

Ao Vivo

“Estrelas mudam de lugar
Chegam mais perto só pra ver
E ainda brilham na manhã
Depois do nosso adormecer
E na grandeza desse instante
O amor cavalga sem saber
Que na beleza dessa hora
O sol espera pra nascer”

Erasmo Carlos em trecho da canção “Cavalgada“, composta com Roberto Carlos.

Erasmo Carlos

Erasmo Esteves

(Rio de Janeiro, 5 de junho de 1941)

76 Anos

erasmocarlos.com.br

4 ▒ ACONTECIMENTOS


1983 – Vai ao ar pela primeira vez a Rede Manchete de Televisão.


1989 – Um jovem desarmado desafiou o poderio chinês barrando a passagem de vários tanques de guerra durante o Protesto na Praça da Paz Celestial (Tiananmen).


5 ▒ FALECIMENTOS

1971György Lukács ▒ György Lukács ou Georg Lukács (IPA: [ɟørɟ lukɑːtʃ], Budapeste, 13 de abril de 1885 — Budapeste, 5 de junho de 1971) foi um filósofo húngaro de grande importância no cenário intelectual do século XX. Segundo Lucien Goldmann, Lukács refez, em sua acidentada trajetória, o percurso da filosofia clássica alemã: inicialmente um crítico influenciado por Immanuel Kant, depois o encontro com Friedrich Engels e finalmente, a adesão ao marxismo. Seu nome completo era Georg Bernhard Lukács von Szegedin em alemão ou Szegedi Lukács György Bernát em húngaro.


1986Lilian Lemmertz ▒ Lílian Lemmertz Dias (Porto Alegre, 15 de junho de 1937Rio de Janeiro, 5 de junho de 1986) foi uma atriz brasileira, figurada entre as mais respeitadas da sua geração. Em 1965, ganhou o Prêmio SACI como melhor atriz coadjuvante na peça Quem Tem Medo de Virginia Woolf?.

2000João Nogueira ▒ João Nogueira (Rio de Janeiro, 12 de novembro de 1941 — Rio de Janeiro, 5 de junho de 2000) foi um cantor e compositor brasileiro. Desde o início de sua carreira ficou conhecido pelo suingue característico de seus sambas. É pai do também cantor e compositor Diogo Nogueira.


2002Dee Dee Ramone ▒ Douglas Glen Colvin, mais conhecido por Dee Dee Ramone (Fort Lee, 18 de setembro de 1951 — Los Angeles, 5 de junho de 2002), foi baixista e compositor de uma das bandas mais influentes da história do punk rock, a banda estadunidense Ramones. Dee Dee passou sua infância na Alemanha devastada pela segunda guerra mundial, tendo se mudado para Nova Iorque com 14 anos de idade, acompanhado de sua irmã e sua mãe quando a última se separou do seu pai, um militar americano que trabalhava na fronteira com a Alemanha Oriental.

6 ▒ FERIADOS e EVENTOS CÍCLICOS

Brasil

7 ▒ TRAGÉDIAS da HUMANIDADE

8 ▒ CIDADES ANIVERSARIANTES

Dados do IBGE

Dia Mês Código Nome da cidade
05 06 520330 Bela Vista de Goiás (GO)
05 06 320180 Divino de São Lourenço (ES)
05 06 411342 Lidianópolis (PR)
05 06 270500 Mata Grande (AL)
05 06 171870 Rio dos Bois (TO)

A Praça do Relógio, na região central da cidade, é a área melhor servida por transporte público. O usuário pode optar por metrô, ônibus e táxi.

Taguatinga – DF

59 Anos

5 de junho de 1958

taguatinga.df.gov.br

Taguatinga é uma região administrativa do Distrito Federal brasileiro. Sua população é de 221.909 habitantes. Taguatinga insere-se na porção oeste do Distrito Federal, do ponto de vista geográfico. Suas coordenadas são 15°50′00 (S), 48°03′23 (O),

História

Por volta de 1749, nas proximidades do Córrego Cortado, surgiu um pequeno povoado, formado por bandeirantes e tropeiros que buscavam estabelecer sesmarias na Capitania de Goiás, este foi o primeiro pouso do homem branco nas futuras terras da cidade de Taguatinga,[livro 1] antes ocupada por indígenas do tronco linguístico macro-jê, como os acroás, os xacriabás, os xavantes, os caiapós, os javaés, etc. No entanto, alguns desses aventureiros se fixaram animados pela possibilidade de ouro e diamantes, próximo ao Cortado. Às margens do mesmo córrego foi instalada a sede da fazenda Taguatinga, de propriedade de Gabriel da Cruz Miranda.[livro 1] Em 1781, a fazenda Taguatinga foi vendida a Antônio Couto de Abreu, filho do Bandeirante Urbano Couto e Menezes.[livro 1]

A consolidação da cidade se deu bem mais tarde, quase 2 séculos após esse período, gerada principalmente pelo grande contingente populacional atraído pela construção de Brasília.

Com a transferência da capital do Brasil para o interior do país, muitos operários se deslocaram de todas as regiões para construir a nova capital, no entanto, resolveram fazer ali também sua morada. Mas como, eram pobres, invadiram terras e construíram barracos, revelando para um país que cria em seu rápido desenvolvimento a realidade de pobreza em que vivia sua população.

Para conter as invasões constantes em terras próximas da capital, foi criada a cidade de Taguatinga, em 5 de junho de 1958, em terras que anteriormente pertenciam à Fazenda Taguatinga. Inicialmente, a cidade se chamava “Vila Sarah Kubitschek” mas, depois, seu nome foi alterado para “Santa Cruz de Taguatinga”, permanecendo apenas Taguatinga. Não raro, é chamada pelos habitantes locais simplesmente de “Taguá”.

Alguns meses depois dos primeiros moradores terem se mudado para Taguatinga, já funcionavam no local, escolas; hospitais; estabelecimentos comerciais, etc. Era o princípio do povoamento da primeira então cidade-satélite de Brasília.

Taguatinga desenvolveu-se especialmente em função do comércio e dos empregos que sua população obtinha em Brasília. Tornou-se um importante centro comercial dentro do Distrito Federal e polo de atração para a população das cidades próximas, abrigando shopping centersde grande porte. Taguatinga, hoje, é uma das regiões mais ricas do Distrito Federal, sendo hoje é considerada a capital econômica do Distrito Federal. [livro 1] Algumas cidades que antigamente faziam parte da região administrativa de Taguatinga são: Ceilândia, Samambaia, Águas Claras e Vicente Pires.

A padroeira da cidade é Nossa Senhora do Perpétuo Socorro,[5] cuja festa litúrgica se dá em 27 de junho.

Etimologia

O sufixo “-tinga” significa “branco” em língua tupi. Já sobre o prefixo “ta’wa-” há bastante controvérsia.

Em um primeiro momento “ta’wa” foi traduzido como “ave“, e “ta’wa’tinga” significaria “ave branca“.[6] O Centro Educacional Ave Branca (CEAB) tem este nome por este motivo, e também por este motivo uma ave faz parte da Bandeira de Taguatinga, que foi inspirada no poema Ta’Wa’Tiga de Antonio Garcia Muralha. Com efeito, o gavião-tesoura – predominantemente branco – é muito comum na região, embora não se tenha registro de o animal ser conhecido por “Taguatinga”.

Mas Taguá, uma espécie de argila amarelada ou vermelha, vem do tupi “ta’wa” (que pode ter originado também a palavra “taba“, casa indígena). Assim, “ta’wa” significa “barro“, e “ta’wa’tinga” significaria “barro branco[6][7][8][9] ocorrência geológica que se verifica na região,[7] principalmente perto do Córrego Taguatinga e do Córrego Cortado.[9]

Geografia

Taguatinga insere-se na porção oeste do Distrito Federal, do ponto de vista geográfico. Suas coordenadas são 15°50′00 (S), 48°03′23 (O), ficando a uma altitude de 1 200 metros acima do nível do mar, cujo relevo é em sua maior parte plano, apresentando algumas leves ondulações. A flora corresponde à predominantemente típica do domínio do cerrado. Em alguns lugares da cidade é possível observarem-se espécies de gimnospermas, como os pinheiros e também diversos tipos de árvores provenientes de outros biomas brasileiros.

Caracterização topográfica

A compartimentação topográfica, apresentada pelo IGA/DF para a região administrativa, revela os seguintes dados: relevo plano (60%) e ondulado (40%). Formado em sua grande maioria por solos Latossolos, e ainda solos cambissolos, hidromórficos-plintossolos e solos gleis indiscriminados.

Clima

O clima é tropical com estação seca (tipo Aw na classificação climática de Köppen-Geiger), com um verão úmido e chuvoso e um inverno seco e relativamente frio.

Vegetação

O Distrito Federal possui grande variedade de vegetação, reunindo 150 espécies. A maioria é nativa, típica do cerrado, e de porte médio, com altura de 15 a 25 m.[11] Muitas são tombadas pelo Patrimônio Ecológico do Distrito Federal, para garantir sua preservação.[11] Algumas das principais: pindaíba, paineira, ipê-roxo, ipê-amarelo, pau-brasil e buriti.[12]

A preservação da vegetação no Distrito Federal é um tema recorrente, principalmente pela preocupação em conservar a flora original. O desmatamento provocado pela expansão da agricultura é um dos problemas enfrentados na região de Taguatinga e no Distrito Federal, sendo que, segundo a Unesco, desde sua criação, nos anos 1950, 57% da vegetação original do Distrito Federal não existe mais.[13] Para colaborar com a preservação, são realizados programas de conscientização e de reformas estruturais para diminuir a degradação da vegetação e também da fauna e rios da região.[14]

Av. Comercial Norte – Taguatinga (DF) – 59 Anos.

Hidrografia

Estes são os córregos que banham a cidade, divididos por bacia hidrográfica:[2]

Demografia

A população taguatinguense distribui-se num território cuja extensão corresponde a 121,34 km². Considerando-se as constantes perdas de território que Taguatinga sofreu nos últimos anos, o seu índice de crescimento populacional se reduziu bastante.[2] Considerando sua área e a população atualizada da região administrativa, a densidade demográfica é de 1.828,82 hab./km².

Dividida em três áreas (Taguatinga Norte, Taguatinga Centro e Taguatinga Sul), Taguatinga é formada por setores de quadras residenciais, comerciais e industriais.

Os setores são identificados por siglas, que formam o endereçamento da cidade.

Assim, em Taguatinga Norte, há os setores Quadra Norte “A”, Quadra Norte “B”, etc., cujas quadras são costumeiramente referenciadas pelas siglas, seguidas da numeração da quadra: QNA 2, QNB 15, QNC 8, etc. Normalmente cada quadra corresponde a uma rua.

Em Taguatinga Sul, a identificação é análoga: Quadra Sul “A”, Quadra Sul “B”, etc., normalmente referenciadas pelas siglas: QSA 2, QSB 10, etc. Por ser esta região menor em extensão que a Norte, o último setor de Taguatinga Sul é o QSF (há ainda o setor CSG, comercial).

As quadras comerciais de cada setor são identificadas pela letra “C” no início da sigla. Assim, temos: CNA 1, CNB 13, CSB 8, CND 2, etc.

As quadras no centro de Taguatinga são identificadas simplesmente pela letra “C”. Assim, temos: C1, C2, C3, etc.

As quadras do setor industrial, em Taguatinga Norte, são identificadas como “QI” (Quadra Industrial).

Economia

Os principais centros comerciais da cidade são a Avenida Comercial (dividida em Norte e Sul), Avenida Central e Avenida Hélio Prates, o Alameda Shopping e o chamado Pistão Sul, onde se localizam o Taguatinga Shopping, hipermercados, uma feira de moda, um centro empresarial, diversas faculdades, uma fábrica de refrigerantes, e inúmeras revendedoras de automóveis, entre outros estabelecimentos.

Um pequeno centro de indústrias (a QI) encontra-se entre a Avenida Samdu Norte e a Avenida Hélio Prates. Há outra área industrial importante nas proximidades da BR-060.

A região conhecida como “Setor H Norte”, próxima à BR-070, concentra uma grande variedade de oficinas e lojas de auto-peças. Já no setor QNL, próximo à Avenida Elmo Serejo, há um pequeno setor de indústrias gráficas (SIGT).

A cidade foi a 12ª região com lançamentos mais caros do Brasil em 2012, segundo o “Anuário do Mercado Imobiliário Brasileiro da Lopes“, com oito empreendimentos, 1.192 unidades e 639 milhões de reais em “Valor Geral de Vendas”.[15] Comparativamente, o DF foi o quarto maior mercado nacional em 2012, com lançamentos que somaram um VGV de 3,3 bilhões de reais.[15]

Acesso e transportes

As chamadas “Estradas Parques” fazem a ligação rodoviária entre Taguatinga e Brasília. São três as vias de acesso:

  • DF-085 (Estrada Parque Taguatinga – EPTG, ou “Linha Verde”);
  • DF-095 (Estrada Parque Ceilândia – EPCL, ou “Via Estrutural”);
  • DF-075 (Estrada Parque Núcleo Bandeirante – EPNB).

A rodovia federal BR-070, que margeia o setor norte da cidade, dá acesso aos municípios goianos de Águas Lindas de Goiás e Pirenópolis.

Algumas das principais vias internas de Taguatinga são:

Taguatinga é servida por três estações do Metrô de Brasília:

Há vários terminais de ônibus urbanos, além da Rodoviária de Taguatinga, de onde partem ônibus interestaduais.

9 ▒ GALERIA de FOTOS

10 ▒ CRÉDITOS

Datas, fatos e os nascimentos mais importantes no Brasil e no Mundo, em todos os dias do ano, ilustrado com fotos e curiosidades.

SITE ► acontecimentosdodia.com

FONTE PRINCIPAL ► WIKIWAND

OUTRAS FONTES de PESQUISA:

Cidades IBGEFilmowAdoro CinemaBIO (facebook)GShowAniv.DiaAniv.FamososHistoryHistory (facebook)

Paul Sampaio, perfil, 1  Paul Sampaio – Autor

PESQUISA e REALIZAÇÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s