3 de Junho – Alex Atala e Piranhas (AL) – 2017

☺ CAPA • Alex Atala 49 Anos

▒ CIDADE • ​Piranhas (AL) 130 Anos

▒ NASCIMENTOS • José Lins do Rego • Paulette Goddard • João Saldanha • Tony Curtis • Raúl Castro • Celso Amorim • Martin Mendonça • Chicão • Yelena Isinbayeva • Rafael Nadal • Mario Götze

▒ FALECIMENTOS • Georges Bizet • Franz Kafka • Roberto Rosselini • Augusto Ruschi • Anthony Quinn • David Carradine • Camille Flammarion

1 ▒ POSTER e VÍDEOS

GALERIA de VÍDEOS
Principais Vídeos da WEB publicados no Acontecimentos do Dia e outras WEB TVs da Rede Sampaio

2 ▒ NASCIMENTOS

1901 – José Lins do Rego ▒ José Lins do Rego Cavalcanti (Pilar3 de junho de 1901 — Rio de Janeiro12 de setembro de 1957) foi um escritor brasileiro que, ao lado de Graciliano RamosÉrico VeríssimoRachel de Queiroz e Jorge Amado, figura como um dos romancistas regionalistas mais prestigiosos da literatura nacional.[1] Segundo Otto Maria Carpeaux, José Lins era” o ultimo contador de histórias.”[2]


1910 – Paulette Goddard ▒ Paulette Goddard, nome artístico de Pauline Marion Goddard Levy, (Nova Iorque, 3 de junho de 1910— Ronco sopra Ascona, Suíça, 23 de abril de 1990) foi uma atriz dos Estados Unidos, famosa por seus filmes para a Paramount Pictures nos anos 40, e pelos seus casamentos com homens notáveis: Charles ChaplinBurgess Meredith e Erich Maria Remarque.


1917 – João Saldanha ▒ João Alves Jobim Saldanha (Alegrete, 3 de julho de 1917 — Roma, 12 de julho de 1990) foi um jornalista, escritor e treinador de futebol brasileiro. Atuou profissionalmente por alguns anos no Botafogo, mas abandonou a carreira e se graduou em jornalismo. Como técnico de futebol, levou o Botafogo ao título carioca de 1957 e a seleção brasileira a classificar-se para a Copa do Mundo de 1970.


1925 – Tony Curtis ▒ Tony Curtis (nome artístico de Bernard Schwartz; Nova York, 3 de junho de 1925 — Las Vegas, 29 de setembro de 2010) foi um ator norte-americano, popular desde as décadas de 1950 e 1960 por seu trabalho no cinema tendo participado de mais de cem filmes desde 1949.


1931 – Raúl Castro ▒ Raúl Modesto Castro Ruz [1] (Birán3 de junho de 1931) é um político e revolucionário cubano; líder de seu país em razão de ocupar a presidência do Conselho de Estado da República de Cuba, desde 24 de fevereiro de 2008. Ele é o irmão mais jovem do ex-presidente cubano Fidel Castro.

1942 – Celso Amorim ▒ Celso Luiz Nunes Amorim GCIH (Santos, 3 de junho de 1942) é um diplomata brasileiro e ex-ministro da defesa. Ao longo de sua carreira, ocupou por duas vezes o cargo de ministro das Relações Exteriores do Brasil. Em 7 de outubro de 2009, David Rothkopf, um comentarista da revista estadunidense Foreign Policy indicou Amorim como “o melhor chanceler do mundo”.[3]


1976 – Martin Mendonça ▒ Martin Mendonça (Salvador, 3 de Junho de 1976) é um cantor e guitarrista brasileiro. Ficou conhecido ao tocar ao lado da cantora Pitty na banda homônima e também no projeto paralelo Agridoce. Após uma década acompanhando Pitty em sua banda, 38 anos de vida e 26 de carreira, Martin anunciou o lançamento de seu primeiro álbum solo. O músico, que em 2010 disponibilizou em parceria com o baterista Duda Machado o álbum “Dezenove Vezes Amor”, finalmente apresenta um trabalho somente seu. [1]


1981 – Chicão ▒ Anderson Sebastião Cardoso, mais conhecido como Chicão (Mogi Guaçu, 3 de junho de 1981), é um ex-futebolista brasileiro que atuava como zagueiro. Desde que chegou ao Corinthians em 2008, Chicão se tornou o 2º zagueiro que mais marcou gols com a camisa do Corinthians.


1982 – Yelena Isinbayeva ▒ Yelena Gadzhievna Isinbayeva (russo: Елена Гаджиевна Исинбаева) (Volgogrado, União Soviética 3 de Junho de 1982) é uma ex-saltadora de vara russa, bicampeã olímpica e atual recordista mundial com a marca de 5,06 metros, obtida em 28 de agosto de 2009 em Zurique, o seu décimo-sexto recorde mundial outdoor na prova. Nos Jogos Olímpicos de Verão de 2004 recebeu a medalha de ouro com um novo registro mundial (então 4,91 m).


1992 – Mario Götze ▒ Mario Götze (Memmingen, 3 de junho de 1992) é um futebolista alemão que atua como meio-campista e meia-armador. Marcou o gol do tetracampeonato da Alemanha na Copa do Mundo contra a Argentina.

1986 – Rafael Nadal ▒ Rafael Nadal Parera (Manacor3 de junho de 1986) é um tênista profissional espanhol. Já conquistou 83 títulos nível ATP, sendo que 72 foram em simples e 11 em duplas. É atualmente o jogador número 4 de simples do ranking mundial masculino da ATP. É considerado como um dos maiores tenistas de todos os tempos;[1][2][3] seu sucesso no saibro ou terra batida o fez ganhar o apelido de “rei do saibro”/”rei da terra batida”, levando muitos especialistas a considerá-lo o maior jogador de tênis da história nesta superfície,[4][5][6]superando até mesmo o sueco Björn Borg.

3 ▒ CAPA do DIA

Alex Atala

49 Anos

Milad Alexandre “Alex” Mack Atala (São Paulo, 3 de junho de 1968) é um chef de cozinha e restaurateur brasileiro.

Eleito chef do ano pelo Guia Quatro Rodas em 2006, o seu restaurante, D.O.M., foi considerado 6º melhor restaurante do mundo e o melhor da América do Sul, lista World’s 50 Best Restaurants de 2013 [1].

Alex Atala com a família.

Biografia

Filho de Milad Atala, funcionário administrativo de uma indústria de borracha, Alex nasceu em uma família de classe média de origem palestina, no bairro da Mooca e foi aluno do tradicional Colégio Santa Maria (São Paulo), localizado na zona sul da cidade.

Dotado de um temperamento “determinado, teimoso até”, como definiu o seu pai, ele aderiu ao estilo punk rock e, com quatorze anos, deixou a a casa dos pais e começa a trabalhar como DJ no lendário clube Rose Bom Bom.

Aos dezoito anos, viajou para a Europa como mochileiro e trabalhou pintando paredes na Bélgica.

Por sugestão de um amigo, fez um curso profissionalizante de gastronomia e, em seguida, trabalhou em restaurantes na Bélgica, na França e na Itália, aperfeiçoando seus conhecimentos da arte culinária.

Assim, aprendeu inglês, francês e italiano.

De volta a São Paulo, trabalhou no restaurante Sushi Pasta, porém o sucesso veio quando foi chamado para renovar o cardápio do extinto restaurante Filomena.

Por esse trabalho foi eleito o Melhor Jovem Chef pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes Diferenciados.

Lá criou uma entrada de alho assado e outros grandes pratos, como manga grelhada com pimenta branca e molho de maracujá.

Alex Atala com Marília Gabriela.

Atala também trabalhou no restaurante 72, antes de inaugurar o Namesa, em 1999, restaurante que ainda serve comidas rápidas na região dos Jardins.

Poucos meses depois, ele e mais dois sócios abriram o restaurante D.O.M. (acrônimo da locução latina Deo Optimo Maximo[2][3]), cujo projeto arquitetônico é de Ruy Ohtake.

O D.O.M. tornou-se um sucesso de público e crítica, recebendo diversos prêmios.

Em 1999, Atala foi eleito Chefe Revelação e o D.O.M., o Melhor Restaurante, pela revista Gula, especializada em gastronomia; em 2000, Atala foi o Melhor Chefe, e o D.O.M., o Melhor Restaurante Contemporâneo, novamente segundo a Gula.

O D.O.M. foi também o Melhor Restaurante Contemporâneo, segundo a revista Veja.

Em 2002, Atala foi novamente considerado o Melhor Chefe, segundo a Veja, e seu restaurante foi mais uma vez escolhido o Melhor Restaurante Contemporâneo, tanto pela Veja como pela Gula.

Em 2006, o D.O.M. recebeu a classificação máxima (3 estrelas) do Guia Quatro Rodas, além de ser eleito o Chef do Ano pelo mesmo guia e pela revista Veja São Paulo.

Em 2007, o D.O.M. figurou em 40º lugar na lista dos melhores restaurantes do mundo (San Pellegrino World’s 50 Best Restaurants) e foi incluído no guia organizado pela revista londrina Restaurant.[4]

No topo da lista figurava o restaurante de cozinha contemporânea El Bulli, do chef catalão Ferran Adrià.

Amigo pessoal de Atala, Adrià é considerado o “papa” da culinária de desconstrução e o mais influente chef do mundo.

Em 2009, o D.O.M. passou à 24ª posição na lista[5], em 2010, passou à 18ª posição, em 2011, passou à 7ª posição[6] e, em 2012, chegou à 4ª posição.

Restaurante D.O.M.[7]

Alex é um defensor da culinária regional, como expressa em seu livro Por uma Gastronomia Brasileira, e coloca a culinária amazônica, especificamente a paraense, como base de alguns de seus melhores pratos.

Abre o restaurante Dalva e Dito em 2009, mesclando culinária regional com sua técnica impecável.

O reconhecimento pelo grande público veio através do extinto programa televisivo Mesa para Dois, no canal GNT, da Globosat, no qual se apresentava com a chef carioca Flávia Quaresma, do restaurante francês Carême.

O chef Alex Atala e familia, registrados ao longo de 20 anos na exposição.

Atala é casado com a estilista Márcia Lagos e tem três filhos: Pedro, nascido em 1994, do seu primeiro casamento; e os gêmeos Thomas e Joana, nascidos em 2004.

Também foi um dos convidados para o sorteio dos grupos da Copa das Confederações de 2013 e causou confusão ao retirar uma bola do pote errado[8].

Alex Atala em uma divulgação do livro “D.O.M. Redescobrindo Ingredientes Brasileiros”.

Livros

  • Por uma Gastronomia Brasileira” – Alex Atala – Editora Bei, 2003 – ISBN 8586518352
  • Com Unhas, Dentes & Cuca” – Alex Atala – Editora Senac, 2008
  • Escoffianas Brasileiras” – Alex Atala – Editora Larousse Brasil, 2008 – ISBN 9788576352549
  • “D.O.M. Redescobrindo Ingredientes Brasileiros” – Alex Atala – Editora Melhoramentos, 2013 – ISBN 9788506072219

Atala por Atala

Informações disponibilizadas no perfil de Alex Atala, em seu próprio site: domrestaurante.com.br

Com os pés fincados em suas raízes e os olhos voltados para o futuro, Alex Atala é acima de tudo um apaixonado.

Pelo Brasil, pela natureza, pela gastronomia, pela vida. Movido por desafios e um grande sentimento de indignação, Atala consegue com extrema delicadeza e técnica transformar essa energia criativa em experiências inesquecíveis para quem tem a oportunidade de provar suas invenções.

Alex Atala com Demian Maia, atleta de Jiu Jitsu, uma das paixões de Atala.

Seu foco é explorar todas as possibilidades gastronômicas dos ingredientes nacionais, aliando as bases clássicas às técnicas atuais.

No entanto, com arrojo e visão, Atala supera as fronteiras da cozinha e atua como cidadão responsável, valorizando o pequeno produtor, incentivando jovens profissionais e apoiando projetos de terceiro setor.

Os chefs Alex Atala e Yoshihiro Narisawa na cozinha do restaurante Narisawa, em Tóquio.

EVOLUÇÃO da CARREIRA

Sob influência familiar, foi na infância que Alex Atala teve seu primeiro contato com a região amazônica.

Aos 19 anos, na escola de Hotelaria de Namur, na Bélgica, Atala iniciou sua carreira como cheff. Na França trabalhou no restaurante Jean Pierre Bruneau e estagiou no renomado Hotel de la Cote D’Or. Em seguida partiu para novos desafios em cozinhas de Montpellier e Milão.

De volta a São Paulo em 1994, logo chamou atenção por seu desempenho à frente dos restaurantes Filomena e 72.

Em 1999, inicia sua carreira de chef-proprietário no aclamado Namesa. No mesmo ano, inaugurou o D.O.M. Restaurante e também uma nova era para a gastronomia brasileira, na qual os ingredientes e a cultura alimentar de seu país são protagonistas em uma cozinha vanguardista, sofisticada e sempre surpreendente.

OUTROS PROJETOS

Mais que um chef, Alex Atala hoje é um empresário dedicado à gastronomia.

Além do restaurante D.O.M., vitrine para suas criações mais elaboradas, em 2009 fez mais uma contribuição à gastronomia brasileira com a inauguração do restaurante Dalva e Dito, casa que apresenta o conceito de gastronomia afetiva com alma essencialmente brasileira, enfatizando a crença de Atala no ingrediente e na cultura nacional.

Uma cozinha já conhecida dos brasileiros, porém executada com primor técnico e padrões de excelência.

Outro passo em sua busca pela valorização dos ingredientes nacionais foi a criação da linha de produtos Retratos do Gosto, uma sociedade estabelecida com a MIE Brasil, empresa de desenvolvimento de marcas de alimentos voltada ao consumo consciente.

Uma variedade inédita de miniarroz produzida em parceria com o rizicultor Francisco Ruzene do Vale do Paraíba, feijão-guandu, granolas brasileiras e farinhas especiais já estão à venda em mercados e empórios de todo o Brasil.

Em 2012, o chef investiu em mais um projeto: a inauguração do Mercadinho Dalva e Dito em um espaço anexo ao restaurante homônimo no bairro dos Jardins, em São Paulo. O estabelecimento oferece pães, geleias, cachaças, conservas, queijos e toda a linha de produtos da marca Retratos do Gosto, ao passo que sua pequena rotisseria prepara “para viagem” as comidas brasileiras servidas no Dalva e Dito.

Em abril de 2013, nasceu o Instituto ATÁ, fundado por Atala e uma equipe multidisciplinar que reúne fotógrafos, empresários, publicitários, um antropólogo e um jornalista.

O projeto tem a proposta de aproximar o saber do comer, o comer do cozinhar, o cozinhar do produzir, o produzir da natureza.

Também em 2013, ao lado do empresário Facundo Guerra, Atala resgatou o clássico Riviera Bar, ponto de encontro de artistas, políticos e personalidades importantes do circuito cultural da cidade, reafirmando a vida noturna da capital paulista.

Em 2015, Atala tornou-se o chef brasileiro mais bem avaliado do Guia Michelin, roteiro que teve sua primeira edição no país nesse ano. O D.O.M. Restaurante recebeu duas estrelas (único no país) e o Dalva e Dito, especializado em cozinha afetiva, conquistou uma estrela. Somando três estrelas no guia.

ATIVIDADES

Com prestígio internacional, Alex Atala participa com frequência de eventos em diversos países e é convidado para ministrar aulas nos principais eventos gastronômicos do mundo, como Alimentaria e Madrid Fusión (Espanha), Salone Del Gusto – Slow Food e Identità Golose (Itália), Omnivore (França) e The Flemish Primitives (Bélgica).

Atala também tem participado de todas as edições do Cook It Raw!, evento anual itinerante que reúne top chefs como René Redzepi, Albert Adriá, Massimo Bottura e Pascal Barbot em torno de ingredientes específicos de regiões como Itália, Finlândia e Japão. A edição de 2012, por exemplo, foi realizada na Polônia.

“Os ingredientes têm uma história, são descobertos, são esquecidos, redescobertos, transformados. Muitos chefs acham que a mandioca brava, venenosa, é um produto natural. Não é. É um produto desenvolvido pelos índios como defensivo agrícola contra os predadores … “

Alex Atala / Fonte: Mensagens de Amor

Alex Atala

Milad Alexandre Mack Atala

(São Paulo, 3 de junho de 1968)

49 Anos

domrestaurante.com.br

4 ▒ ACONTECIMENTOS


1961 – O presidente dos Estados Unidos, John Kennedy, e o primeiro-ministro soviético, Nikita Kruschev, encontram-se em Viena na Áustria pela primeira vez.



1974 – O Jornal Hoje passa a ser exibido em todo o Brasil em rede nacional, pela Rede Globo.



1986Queen lança o álbum A Kind of Magic nos EUA.


  • 1996 – Os ministros das Relações Exteriores da Otan chegam a um acordo para reformar o organismo, que se concentraria na Europa e não na Rússia.
  • 1997Lionel Jospin, líder do Partido Socialista, é designado primeiro-ministro da França e inicia conversações com os comunistas para formar um governo de coalizão.
  • 1999 – O presidente jugoslavo Slobodan Milosevic cede às exigências ocidentais para que aceite a instalação de tropas aliadas em Kosovo, retire suas forças e revogue a expulsão das pessoas de etnia albanesa.
  • 1999Javier Solana é designado o primeiro Representante da Política de Exterior e de Segurança Comum da União Europeia.
  • 2001Alejandro Toledo é eleito presidente do Peru.

2003 – No Panamá, a dominicana Amelia Vega foi coroada Miss Universo, sendo a 1ª mulher de seu país a conquistar o título. A brasileira Gislaine Ferreira ficou em 6º lugar.


5 ▒ FALECIMENTOS

Anthony Quinn

1875Georges Bizet ▒ Georges Bizet, nascido Alexandre César Léopold Bizet, (Paris, 25 de outubro de 1838 — Bougival, 3 de junho de 1875) foi um compositor francês, principalmente de óperas. Numa curta carreira devido à sua prematura morte, ele atingiu poucos sucessos antes do seu trabalho final, Carmen, que viria a se tornar uma das mais populares e frequentemente interpretadas óperas no repertório operístico.


1924Franz Kafka ▒ Franz Kafka (Praga, Império Austro-Húngaro, atual República Tcheca, 3 de julho de 1883Klosterneuburg, Republica Austríaca, atual Áustria, 3 de junho de 1924)[4][5] foi um escritor de língua alemã, autor de romances e contos, considerado pelos críticos como um dos escritores mais influentes do século XX. A maior parte de sua obra, como A Metamorfose, O Processo e O Castelo, está repleta de temas e arquétipos de alienação e brutalidade física e psicológica.


1977Roberto Rosselini ▒ Roberto Rossellini (Roma, 8 de maio de 1906 — Roma, 3 de junho de 1977) foi um diretor de cinema italiano. Foi um dos mais importantes cineastas do neo-realismo italiano, com contribuições ao movimento, com filmes como Roma, città aperta (br/pt: Roma, Cidade Aberta) e outros.

1986Augusto Ruschi ▒ Augusto Ruschi (Santa Teresa, 12 de dezembro de 1915 — Vitória, 3 de junho de 1986) foi um agrônomo, ecologista e naturalista brasileiro. O interesse pelo estudo de plantas e animais, desde a infância, permitiu que conhecesse a fundo diversos ramos da biologia, tornando-se respeitado especialista em beija-flores e orquídeas do Brasil.

2001Anthony Quinn ▒ Anthony Quinn, nascido Antonio Rudolfo Oaxaca Quinn (Chihuahua, 21 de abril de 1915 — Boston, 3 de junho de 2001) foi um premiado ator norte-americano nascido no México. Anthony Quinn talvez seja o ator que mais papéis diversificados fez, e caracterizou-se por representar personalidades famosas: foi Barrabás e o magnata grego Onassis.


2009David Carradine ▒ John Arthur Carradine (Los Angeles, 8 de dezembro de 1936 — Bangkok, 3 de junho de 2009) foi um ator estadunidense. David Carradine é mais conhecido por seu personagem “Kwai Chang Caine”, na série de televisão Kung Fu, produzida a partir dos anos 1970, na qual interpretava um monge Shaolin, mestre em Wushu. Em 2003, Carradine ganhou nova audiência quando interpretou o personagem “Bill” nos dois filmes da série Kill Bill, de Quentin Tarantino, nos quais contracena com Uma Thurman.


1925Camille Flammarion ▒ Nicolas Camille Flammarion, mais conhecido como Camille Flammarion (Montigny-le-Roi, 26 de fevereiro de 1842Juvisy-sur-Orge, 3 de junho de 1925), foi um astrônomo, pesquisador psíquico e divulgador científico francês. Importante pesquisador e popularizador da astronomia, recebeu notórios prêmios científicos e foi homenageado com a nomenclatura oficial de alguns corpos celestes. Sua carreira na pesquisa e popularização de fenômenos paranormais também é bastante notória.[1][2][3][4] Flammarion também era membro da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas – fundada pelo codificador do Espiritismo Allan Kardec – e da Sociedade Teosófica.[8] Amigo e seguidor de Kardec, o astrônomo proferiu um longo discurso em homenagem ao codificador em seu enterro, afirmando que o mesmo era o “bom senso encarnado” e “[…]Senhores, o Espiritismo não é uma religião, mas é uma ciência, ciência da qual conhecemos apenas o a b c.[9][4]

6 ▒ FERIADOS e EVENTOS CÍCLICOS

Brasil

  • Dia do Escrevente de Cartório – Evento local da Cidade de São Paulo

7 ▒ TRAGÉDIAS da HUMANIDADE

8 ▒ CIDADES ANIVERSARIANTES

Dados do IBGE

Dia Mês Código Nome da cidade
03 06 260040 Água Preta (PE)
03 06 250290 Brejo dos Santos (PB)
03 06 430400 Campo Novo (RS)
03 06 311270 Capitão Enéas (MG)
03 06 430530 Chapada (RS)
03 06 430560 Colorado (RS)
03 06 270710 Piranhas (AL)
03 06 500690 Porto Murtinho (MS)
03 06 431890 São Luiz Gonzaga (RS)
03 06 500793 Sonora (MS)

PiranhasAL

130 Anos

3 de Junho de 1887

prefeiturapiranhas.topideias.com.br

Piranhas é um município brasileiro localizado no oeste do estado de Alagoas. Sua população é de 25.130 habitantes e sua área é de 407,647 km², com densidade de 61,65 hab/km².

Limita ao norte com o município de Inhapi, ao sul com o estado de Sergipe, a leste com os municípios de São José da Tapera e Pão de Açúcar, a oeste com o município de Olho d’Água do Casado e a nordeste com o município de Senador Rui Palmeira.

Centro histórico de Piranhas pelo olhar de Cacá Diegues há 35 anos (à esquerda) e, hoje (à direita) – Piranhas (AL) – 130 Anos.

A cidade de Piranhas, às margens do Rio São Francisco no sertão alagoano, foi cenário das cenas iniciais de “Bye Bye Brasil”.

Os prédios coloridos da praça principal, as ruas estreitas e a calmaria do povoado de Entremontes podem dar a impressão de que nada mudou desde o fim dos anos 1970.

Mas o filme levou energia elétrica para a localidade, fez com que a população participasse da produção cinematográfica e mostrou os primeiros indícios de que o isolamento cultural da região estava com os dias contados.

História

No início, a localidade era conhecida como “Tapera”.

Reza a lenda que em um riacho, hoje chamado “das Piranhas”, um caboclo pescou uma grande peixe, preparou e salgou, levando-o para sua residência. Lá chegando, verificou que se esquecera do cutelo.

Voltando-se para o filho, disse: “Vá ao porto das piranhas e traga o meu cutelo”. Essa versão foi passando de geração em geração e seria a razão de o lugar ter ficado com a denominação de Piranhas.

À parte a lenda, o termo é herança dos índios que viviam à margem do Rio São Francisco e chamavam o local de “Pira aî”, que ao pé da letra significa “peixe-tesoura”.

O arraial de Piranhas data do século XVIII. Na região, predominaram duas famílias: os Feitosa e os Alves.

A localidade era, a princípio, conhecida como “Tapera”. Com o passar do tempo, ao longo de casas e prédios espalhados, o nome “Piranhas” foi se estendendo desde o riacho até a povoação.

O estabelecimento da navegação a vapor, em agosto de 1867, fazendo o percurso Penedo-Piranhas, veio dar novo impulso ao município. Entretanto, o maior fator de desenvolvimento deve-se à construção da estrada de ferro Paulo Afonso, em 1881, fazendo o percurso de Piranhas à Jatobá, no estado de Pernambuco.

O distrito de Piranhas foi criado pela lei provincial nº 964, de 20 de julho de 1885 e elevado à categoria de vila em 03 de junho de 1887 pela lei provincial nº 996, sendo então desmembrado do município de Pão de Açúcar.

Em 17 de outubro de 1939, o município passou a denominar-se Marechal Floriano, pelo decreto-lei federal nº 1686, voltando à antiga denominação (Piranhas) em 17 de setembro de 1949, pela lei nº 1473.

Morador da cidade em frente à Igreja Matriz – Piranhas (AL) – 130 Anos.

Piranhas ficou nacionalmente conhecida por conta do cangaço.

Sediou um combate épico entre um de seus moradores, Seu Chiquinho Rodrigues e um dos bandos de Lampião.

O tiroteio entre o aludido habitante de Piranhas e o famigerado bando marcou singularmente os valores nordestinos de honra, fé, amor à família.

Tendo chegado a notícia que um dos bandos de Lampião invadira a cidade e estava por fazer atrocidades por onde passava, os moradores da cidade abandonaram-na em retirada urgente; exceto Seu Chiquinho Rodrigues, pois sua esposa Helenira Rodrigues estava de resguardo da primeira filha do casal.

Movido pelo amor à família e um fundamental valor de honra, Seu Chiquinho armou- se com seu rifle e muita munição e pusera-se a esperar o bando de Lampião na sacada de sua casa, praticamente sozinho.

Quando o primeiro dos cangaceiros apontou, iniciou-se o tiroteio, marcado pela bravura de um cidadão que ousara enfrentar um dos mais temidos bandos, em defesa da integridade física e moral de sua esposa, pois não podia abandoná-la em tal situação.

O tiroteio estendeu-se e só se encerrara quando o bando, tendo perdas e vendo não conseguir invadir a cidade, desistira do embate e caíra fora daquela cidade.

Venceu a virtude nordestina de, buscando reforço na fé, defender o valor da família ainda que nas mais adversas situações.

Curiosamente, Lampião repreendeu seu bando por ter invadido uma cidade cuja padroeira era Nossa Senhora da Saúde, santa da qual ele era devoto.

Diante do feito histórico, Seu Chiquinho Rodrigues foi presenteado pelo Exército Brasileiro com dois rifles de exclusividade das Forças Armadas, um dos quais foi recebido e o outro doado de volta ao Exército como forma de demonstrar seu amor à Pátria Mãe.

Outras duas curiosidades acerca de Piranhas e do embate entre Seu Chiquinho Rodrigues e o Lampião é que (1) ambos nasceram em Serra Talhada, no Estado de Pernambuco, e que (3) Seu Chiquinho Rodrigues morrera no dia 3 de junho de 2002, aniversário de sua amada esposa e da cidade que tão bravamente defendera.

Quando da morte de Lampião e seu bando, aconteceu que, no Centro Comercial de Piranhas e na sede da Prefeitura de Piranhas, a cabeça de Lampião, e outros do seu bando, ficaram expostos após decapitação, para que ficasse bem claro a todos que o Exército Brasileiro vencera a batalha contra os cangaceiros de Lampião.

Em Piranhas também foram rodados muitos filmes e documentários sobre cangaço e assuntos correlacionados, como Baile Perfumado, com o mesmo tema do cangaço.

Museu do Sertão – Rota do Cangaço – Piranhas (AL) – 130 Anos.

No museu da cidade, podem ser vistas várias fotos de Lampião, inclusive a famosa foto que mostra o empilhamento das cabeças na escadaria da prefeitura do Município.

Neste mesmo museu trabalha hoje, como auxiliar, um dos policiais que, na época, mataram Lampião e seu bando.

O município ainda é banhado pelo rio São Francisco.

Piranhas foi reconhecida como patrimônio histórico nacional pelo IPHAN.

Além do tombamento histórico, Piranhas destaca-se por encerrar o último trecho navegável do Baixo São Francisco; por ser cravada entre serras, o que lhe deu o carinhoso nome de Lapinha do Sertão; por ter feito parte da chamada Rota do Imperador, passagem de D. Pedro II.

Monumento à Altemar Dutra – Piranhas (AL) – 130 Anos.

Por ter sido palco de inúmeras visitas de artistas notáveis como Altemar Dutra, o qual – por seu grande amor por aquela cidade – fora homenageado com a rodovia Altemar Dutra e o nome da orla ribeirinha.

Ademais, o Município de Piranhas abre caminho para o conhecido Canyon do São Francisco, o qual pode ser visita por meio de catamarãs e barcos, muito usados por turistas.

Hidrelétrica de Xingó – Piranhas (AL) – 130 Anos.

No Município de Piranhas, também fica o conhecido bairro de Xingó, o qual serviu de base para a construção da Usina Hidrelétrica de Xingó, pela Chesf, responsável pela geração de cerca de 25% da energia do Nordeste.

Turismo

Dentre as festas que mais se destacam na cidade estão o carnaval, que se realiza no centro histórico.

O Forrogaço (Forró do Cangaço), no bairro de Xingó, que se realiza no início de junho, comemorando o aniversário da cidade e antecipação das festas juninas.

Uma das peculiaridades da Lapinha do Sertão, Piranhas, é sua singularmente bela vista por qualquer dos ângulos que se chegue à cidade, quer pela rodovia Altemar Dutra, quer pelo rio São Francisco ou pelo ar, de helicóptero.

Atualmente, Piranhas é muito visitada por turistas, os quais encantam-se com seus belos mirantes, por sua orla, seu rio formidável, as comidas e danças típicas, além de excelentes opções de passeios, restaurantes, hotéis e pousadas, em locais estratégicos e com vistas singulares.

Diz-se que aquele que naquelas águas se banha sempre para lá quer voltar.

Comunicação

O município possui as principais redes de telefonia móvel e fixa do país (Tim, Vivo, Oi e Claro), além de vários provedores de acesso a internet banda larga.

Emissoras de televisão

Emissora Afiliada Analógico Digital
Rede Globo TV Sergipe 11 32
Rede Globo TV Gazeta de Alagoas 7
RecordTV TV Pajuçara 13

Emissoras de rádio

Emissora Frequência AM FM
Independente FM 98.1
Xingó FM 98.7
Delmiro FM 89.9

9 ▒ GALERIA de FOTOS

10 ▒ CRÉDITOS

Datas, fatos e os nascimentos mais importantes no Brasil e no Mundo, em todos os dias do ano, ilustrado com fotos e curiosidades.

SITE ► acontecimentosdodia.com

FONTE PRINCIPAL ► WIKIWAND

OUTRAS FONTES de PESQUISA:

Cidades IBGEFilmowAdoro CinemaBIO (facebook)GShowAniv.DiaAniv.FamososHistoryHistory (facebook)

Paul Sampaio, perfil, 1  Paul Sampaio – Autor

PESQUISA e REALIZAÇÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s